março 30, 2017

Polenta Taragna, salsiccia e funghi [Polenta de Trigo Sarraceno e molho de linguiça e cogumelos]

Quem acompanha o blog ou convive comigo sabe que eu sou super polenteira. Adoro polenta!

Hoje eu trago para vocês uma polenta diferente e perfeita para os dias frios que espero ansiosamente: a polenta taragna (se pronuncia taranha) ou polenta de trigo sarraceno, que é bem tradicional em duas cidades da região da Lombardia: Valtellina, onde é mais seca e Bergamo, onde é mais molinha. 

Esta polenta é uma mistura de farinha de milho e farinha de trigo sarraceno que durante a cocção recebe queijo e manteiga. É uma massa bem rústica e escura que demora cerca de 1h para ficar pronta. Para acompanhá-la pode ser apenas um molho de sálvias frescas na manteiga ou, como eu comia muito em Modena num bar que ia sempre, com um refogado de espinafres. Aqui, como foi um almoço mais inspirado, acabei fazendo um molho com linguiça e cogumelos. 

O trigo sarraceno, também conhecido por trigo-mourisco, é um tipo de trigo que só agora começamos a encontrar aqui no Brasil. A farinha pronta para a polenta só importada da Itália (no Eataly tem!) mas pode-se fazer a mistura caso encontre o sarraceno. Eu vi algumas receitas que recomendam para fazer a mistura 300gr de trigo e 100 gramas de farinha de milho. É uma alternativa. 





Polenta taragna (Duas pessoas)

01 xícara de farinha para polenta taragna
05 xícaras de água
80 gramas de queijo (usei um queijo da Serra da Canastra, mas você pode usar parmesão ralado na hora)
50 gramas de manteiga sem sal
Sal e pimenta a gosta

Coloquei a água numa panela grande e deixei ferver. Polvilhei a farinha e mexi com um fuê
(aquele batedor de claras. Eu gosto de começar a polenta assim, pois o risco de criar grumos é muito pequena). Baixe o fogo e fique mexendo a polenta por aproximadamente 1h cuidando para não grudar na panela. A polenta cozida, depois deste tempo, é só acrescentar o queijo e a manteiga. Acerte o sal e sirva. 

Para o molho (que ficou maravilhoso!!!) usei: linguiça artesanal, cogumelos frescos, 1 cebola média, 1 dente de alho, 1 tomate italiano, sal, pimenta e bastante salsinha fresca. Refogue primeiro a linguiça para tirar dela a gordura, acrescente a cebola picada e o alho, deixe refogar bem. Junte os cogumelos frescos, baixe o fogo e se necessário coloque um pouco de água - lembrando que os cogumelos soltam água-, tampe a panela. Enquanto isso pique o tomate de acrescente no molho. Deixe apurar bem, acerte o sal e a pimenta. Antes de servir, acrescente a salsinha picada. Nham!


ATENÇÃO: se sobrar polenta coloque em um recipiente não muito alto. Assim quando esfriar você pode cortar e, numa frigideira com um fio de azeite, tostar fatias da polenta e servir com tomates frescos e manjericão ou ainda com um belo pesto ou ainda pode comer pura que é delícia demais!






Um comentário:

  1. Humm, fiquei com água na boca, linda e deliciosa sugestão!Triste por não encontrar facilmente por aqui, mas vou procurar, quem sabe?
    Bjo e ótimo fds

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.