agosto 02, 2011

Polenta

Dizer "polenta" já é uma coisa gostosa: po-len-ta. A primeira sílaba já anunciando o som daqueles pequenos vulcões em erupção do cozimento: Poh! - Quem nunca se queimou com um respingo de polenta quente?

Polenta sempre fez parte da minha alimentação. Uma por ser barata e outra por ser versátil. Fora a influência da família da minha melhor amiga que é do Vêneto. Polenteiros por natureza.

São memoráveis as disputas entre eu e meu irmão (e porque não, o meu pai) para saber quem ficaria com aquele tostadinho do fundo da panela, aquele verdadeiro biscoito crocante de polenta, que minha mãe dividia igualmente entre nós como se estivesse dividindo uma herança onde nenhum dos filhos admitiria ficar com terras a menos.

Gosto de polenta de todas as maneiras, menos com leite. Meu negócio com ela é sal. Gosto com molho vermelho, com queijo, com azeite... Frita, então?! No forno, recheada, grelhada... ad infinitum

É só fazer e criar o sabor. Hoje por exemplo, eu fiz sem muito me preocupar:

250 gramas de farinha de milho
1,5 l de água
100 gramas de manteiga
100 gramas de queijo parmesão ralado
Sal e pimenta do reino a gosto.

Cada um tem um modo de cozinhar a farinha. Eu, depois de muito apanhar, faço assim:

Coloco a farinha na panela e vou adicionando água aos poucos. Hidrato a farinha, coloco o restante da água, o sal e levo para o fogo médio e mexo, mexo, mexo. Mais ou menos 30 minutos. Coloco a manteiga e o queijo, misturo bem até ficar uma massa lisa. Coloco em um prato untando com azeite. Polvilho pimenta moída na hora e rego com um fio de azeite.

Pronto! E se sobrar já sabe: frigideira!




8 comentários:

  1. Hum, quinta feira teremos polenta no almoço, adorei a receita, nunca fiz,mas explicadinho assim fica fácil, quero ver o que Alice vai achar.

    ResponderExcluir
  2. Adoro polenta, com água, com leite bem cremosa, por baixo de cogumelos bem fritinhos, com carne moída, com bastante queijo, frita e crocante, macia e sedosa, com molho, sem molho. Po-len-ta!
    Bj poh!!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, passei vontade, agora! Pela foto tá super cremosa! :D
    Acho polenta super pratico e bom pro fim do mês (baratinha, né?)

    bjo!

    ResponderExcluir
  4. Falou em polenta, tô dentro! Amo! Uma vez por semana tem que ter por aqui...à propósito, hoje teve polenta!!!Bjão.

    ResponderExcluir
  5. Carla logo logo irei fazer e vou colocar molho vermelho por cima deve ficar divina...Polenta era uma coisa que soh a minha mãe fazia, eita saudade...

    ResponderExcluir
  6. Olá Carla :)
    Comecei o meu blog de receitas há pouco tempo e gostaria de saber se posso colocar as tuas receitas no meu blog, com a devida informação que aqui pertencem.
    Obrigada, Katie.

    ResponderExcluir
  7. Ôoooooooooooo môpaiiii, judiaaa mesmo de mim uma hora dessas, judia!!!
    Olha nasci brasileira por um acaso no destino. rs Tinha que ser italiana, pq não tem noção o quanto gosto de massa, e polenta?? bom, pra mim é angú, tenho raízes nordestinas e aprendi a comer com galinha caipira, couve refogada e sentada na beirada de um fogão à lenha...
    Ai, amo polenta frita, saudades de quando morei em Chapecó e comia em cada esquina. rs
    Fiz semana passada, uma mais molinha, pra comer com moelas refogadas e cremosas, ai tava tão booom. rs
    Vontade de novo..
    E deixa eu sair daqui logo senão morro desidratada, pq a baba já tá escorrendo livre aqui. rs

    Xêros bonita!
    Paty, a lôca!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.