outubro 14, 2019

Doce de coco em calda

Nesta minha nova viagem culinária, em que me volto à cultura culinária brasileira, mal fiz o roteiro. Ainda não afinei o projeto do doutorado, tenho pouquíssima bibliografia, inclusive poucos livros de receitas nacionais ou que tratem exclusivamente de cozinhas regionais. Então, não consegui fontes boas sobre o doce de coco em calda e apelei para a memória gustativa. Esse é um doce que minha avó paterna fazia e que eu me lambia. Adoro coco e este doce para mim é a sua melhor possibilidade. 

Lembro dos potes de vidro em que minha avó armazenava o doce e a gordura do coco que ficava nas paredes do pote à medida em que o doce ia sumindo. Lembro que colocava uma colherada na boca, sugava a calda e depois ficava mascando o coco por longos minutos até conseguir engolir. Aliás, muita gente não gosta de coco porque não consegue engolir. Vocês conhecem alguém que passa por este drama? Meu avô materno era um desses. Coitadinho ficava brabo porque, simplesmente, não conseguia. Enfim...

Procurei muito uma receita que pudesse me basear para trazer aqui, mas o que encontrei foram receitas massivamente utilizando leite condensado. Não é o caso do doce da minha avó. O dela era apenas um simples doce em calda que eu interpretei assim:



Doce de coco em calda

Ingredientes

500 gramas de coco fresco - Comprei congelado, o que não é tão fresco assim.
400 gramas de açúcar cristal
800 ml de água
Cravos da índia a gosto.

Em uma panela de fundo grosso, e que comporte todos os ingredientes, coloque o açúcar e a água. Mexa para dissolver o açúcar e leve ao fogo alto até ferver. Quando ferver, baixe o fogo e deixe cozinhar por 20 minutos - ou até a calda atingir a temperatura de 101º C - o famoso fio fino. 
Acrescente o coco e os cravos (usei 5), mexa bem e deixe cozinhar por mais 15 minutos, mexendo a cada 3 minutos para não grudar na panela.

Retire do fogo e deixe esfriar. Conserve em um pote com tampa na geladeira.


Se você gostou do post comente e compartilhe com seus amigos. Me siga nas redes sociais para acompanhar minhas peripécias na cozinha e na vida e se inscreva no blog para receber todas as atualizações.

2 comentários:

  1. amo coco fresco. adorei esta versão do doce de Coco da sua avó. aqui em casa conheço esse doce como cocada sem leite condensado. fiquei curiosa como ralou o Coco em fios longos. será que fica bom fazer com o Coco em fitas? parabéns pelo blog


    ResponderExcluir
  2. Linda apresentação, assim em fios difícil ver. O sabor deve ser irreparável, me fez lembrar um doce de mamão verde ralado que minha tia fazia, açúcar, água, fruta e nada mais.
    Bjo

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search