setembro 25, 2013

Minestra di Semolino [Sopa de semolina]

O uso da semolina na gastronomia italiana, principalmente da região da Emília-Romanha, resulta em sopas delicadíssimas, bolos, alguns tipos de massas, pudins e nhoques, como o alla romana. No sul da Itália ela é usada também para fazer um tipo de cuscus, mas principalmente para massas. Enquanto a sêmola é o resultado do primeiro estágio da moagem do trigo de "grano duro", a semolina é mais refinada, sendo intermediária entre a sêmola e a farinha. 

Esta receita de sopa de semolina é muito presente em receitários italianos. Artusi, por exemplo, apresenta três versões muito semelhantes a que trago aqui hoje, que veio de um livro muito simpático que comprei em Parma - lugar onde mais comprei livros em toda a Itália-, que se chama Il Sapore delle Stagioni [O sabor das estações], que traz 365 receitas da tradição emiliana divididas por meses. Lembrando que Artusi era romanholo, ou seja, do outro lado da Emília-Romanha





Minestra di Semolino - Sopa de Semolina

Esta sopa é muito antiga. De fato, geralmente as nossas avós a faziam, mas é também muito moderna, principalmente por ter um preparo rápido. Pode-se dizer que é um prato ótimo para dias de folga, quando o inebriante aroma do caldo de carne invade toda a cozinha e a cozinheira não sabe o que colocar ali. Ora, não é sempre que se pode fazer tagliatelle ou cappelletti! Assim, esta é mesmo a sopa que resolve a dúvida: é rapidíssima de fazer e a cozinheira pode aproveitar bem o domingo...

Gabriella Carpi 


Ingredientes

Para cada pessoa use:

01 ovo
30 gramas de semolina de trigo
20 gramas de queijo grana padano ralado
Sal a gosto
Noz moscada a gosto

Manteiga para usar na frigideira

Caldo caseiro de carne, frango ou legumes.


O sucesso dessa receita vai depender quase que exclusivamente de um bom caldo. Sim, um bel brodo! Usei caldo caseiro de frango e o resultado foi excelente. 

Misture o ovo, o queijo e a semolina. Tempere com sal e noz moscada a gosto. Coloque a manteiga em uma frigideira e, quando estiver quente, coloque a massa de semolina para fritar, assim como um omelete. Deixe dourar e vire para fazer o mesmo com o outro lado. Retire da frigideira e corte em quadradinhos. Coloque em uma sopeira ou em pratos individuais e derrame o caldo fervente sobre eles. 




Essa sopa imaginei perfeita para aqueles dias de ressaca, sabem? Aquele dia que só um bom caldo salva, que só um omeletinho ajuda. Fica a dica!...rs.



3 comentários:

  1. Carla me recordo de uma sopa que minha vó fazia, que consistia em um caldo de galinha e nesse caldo ela colocava uma massinha feita rápida e cortada grosseiramente e que ao cozinhar a massa ajudava a engrossar o caldo. Pensei ser esta que você postou mas não recordo de que fosse frita (não era). Você tem entre as receitas do Artusi algo semelhante?
    Vou fazer essa sua receita, adoro brodo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. delícia! não conhecia esta receita, eu adoro gnocchi de semolina, mas esta sopa é ...wow! abraços

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.