maio 19, 2014

Utensílio: Passaverdura

Uma das coisas que estava na minha lista de compras quando fui para a Itália era o passaverdura. Sim, este processador do tempo da vovó. Obsoleto? De forma alguma. O passa-verduras, por possuir tamanhos de furos diferentes, confere textura para molhos, sopas e pures. Por exemplo, molho de tomate fica muito melhor com a textura mais rústica do passa-verduras do que do processador elétrico ou do liquidificador. Como gosto de dizer, fica mais "pedaçudo". Além disso, sinceramente, é muito mais fácil de limpar do que todas aquelas parafernálias do processador, fora que é bem charmosinho. Dá uma cara mais retro à cozinha. 








Já vi alguns para vender aqui no Brasil, mas sempre os achei muito fraquinhos e de plástico (tenho implicância com plástico na cozinha) ou, os melhores, importados, ultra caros. O jeito é tentar trazer de fora mesmo. Este eu paguei, há mais de 2 anos, 12,00 Euros.


Aquarela do artista italiano Tomaso Marcolla www.marcolla.it

Passaverdura (IT)
Espremedor de legumes e verduras (PT) ou, passa-verduras
Vegetable mill (IN)
Moulin à légumes (FR)
Passiergerät, Passiermühle (AL)
Pasa verduras (ES)
Fonte: Dicionário tradutor de gastronomia em seis línguas, de Roberta Malta Saldanha







Um comentário:

  1. Eu tenho a muitos anos. É até terapêutico! Enquanto você vai passando o molho, vai meditando, sem o barulho chato do processador.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.