novembro 14, 2011

Compota de melão com limão e erva-doce

A minha história com compotas é antiga (eu disse, antiga???). Escrevi neste post aqui o seguinte:

Então tentei me lembrar das comidas que minha avó fazia e lembrei mais dos doces. As compotas de frutas: pêssego, figo, coco, uva verde e a mais saborosa e amarga de todas, a de casca de laranja, que lembro ser bem trabalhosa. E se hoje sempre olho para os potes de vidro com segundas intenções, a culpa provavelmente é dela.

E é bem assim. Eu guardo os potes de vidro para possíveis compotas, geleias, chimias. O que me falta? Habilidade para fazê-las. Fazer compotas é algo que requer um tanto de paciência. Ela é caprichosa, precisa de atenção, de mexe-mexe, de carinho, mas é uma coisa que gostaria muito saber fazer direito. Então, quando a Larousse me convidou para escrever sobre um livro deles, não tive dúvidas quanto a escolha do título: Compotas e Chutneys



O livro, escrito e fotografado por Valérie Lhome, é uma boa dica para quem quer começar a se aventurar por esse mundo. Traz receitas fáceis, ingredientes diversos e inusitados - como a abobrinha para uma compota com limão -, e uma linguagem bastante pessoal, quase que um livro de "memória doceira" da autora. 

Fiquei muito em dúvida de qual fazer. Depois de comprar várias frutas e para tentar decidir, resolvi deixar para o marido a escolha. Para minha surpresa foi essa:




Compota de melão amarelo com limão e erva-doce

Ingredientes

1 melão amarelo (aproximadamente 1 1/2 kg de polpa cortada em pedaços pequenos)
05 limões sicilianos
1kg de açúcar demerara
02 colheres (sopa) de sementes de erva-doce

Descasque o melão, retire as sementes e corte-os em pedaços pequenos. Lave bem os limões, corte 4 deles em fatias fininhas e esprema o suco do 5º limão. Recolha a sementes de todos eles, faça uma trouxinha de gaze amarrada com cordão e reserve. 

Misture delicadamente os pedaços de melão com o açúcar e as fatias de limão. Adicione o suco de limão. Coloque tudo em uma panela de fundo grosso, acrescente a trouxinha de sementes, e leve para o fogo.

Deixe atingir o ponto de fervura, retirando a espuma que se formar durante os dez primeiros minutos de cozimento. Adicione as sementes de erva-doce e cozinhe por mais 25 minutos. 

Verifique o cozimento derramando algumas gotas da compota em um pires resfriado. Se a compota condensar e se tornar espessa com o contato com o pires frio, a compota está pronta. 

Retire a trouxinha de sementes de limão, distribua a compota ainda fervendo em potes de vidro e tampe-os.



Parceiro:

18 comentários:

  1. Ficou linda tua compota... Eu que não sou muito de melão, fiquei super curiosa para provar o sabor dessa combinação! Para mim também, compotas lembram das avós. Um beijo amiga!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, ficou maravilhosa!! E de melão, deve ter um sabor super bacana! Ah, e quero mto esse livro!rs
    bjo Carlota!

    ResponderExcluir
  3. Nunca fiz compota de melão, deve ter ficado deliciosa. A aparência diz tudo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Carla,
    Carla,
    Essa mistura de sabores deve resultar em algo muito saboroso.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  5. Que linda compota Carla, nunca provei compota de melão, aromatizada com erva doce,e a julgar pelas fotos, ficou deliciosa. Bjos querida...Ótima semana

    ResponderExcluir
  6. Carla,
    Nunca saboreei compota de melão, não conhecia, ficou linda, a erva doce e o limão devem ter perfumado muito a compota.
    Boa semana.
    Vânia

    ResponderExcluir
  7. Oi Carla, tudo bom?

    Esta compota está me servindo de inspiração neste dia chuvoso em São Paulo!

    Menina que coisa boa, nem provei, mas estou quase a encolir o monitor, que é de 15", rsrsrsrs
    Nunca comi compota de melão, ele por si só já é uma fruta deliciosa!

    Vou fazer, e depois te conto o resultado.


    Parabéns pelo blog, as fotos estão deliciosas!!!


    Beijos e boa semana


    Audeni

    ResponderExcluir
  8. Oi Carla,
    ficou linda essa compota! Não imaginaria essa combinação de ingredientes!
    Bjs
    http://www.batalhagourmet.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Carla, compotas lembram coisas de vó mesmo, e dá uma saudade!
    Essa sua além de linda deve ter ficado muito gostosa, diferente.
    Fiquei curiosa com essa de abobrinha com limão! bjs

    ResponderExcluir
  10. Carlinha...a tua compota ficou um must! Brilhosa, muito bonita! A mistura deve ser bem "boua" também!11, fofa!

    ResponderExcluir
  11. Bem inusitada essa compota com melão!
    Acho que os correios continuam em greve por aqui... Não vejo a hora de fazer uma receitinha diferente.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Carlinha que mix delicioso essa compota! E essa cor ficou linda, brilhosa e deliciosa, sem dúvida !:) Amei!! Tb tenho ótimas lembranças das comidinhas de minha avó, pena q assim como a sua , me deixou apenas na saudade e sem nenhum livro de receitas!rs Beijos lindona!!! Tê

    ResponderExcluir
  13. Uma mistura mesmo inusitada, que rendeu uma compota de sabor e textura incríveis, pelo que estou vendo!

    Novidade sempre muito bem vinda, claro!

    ResponderExcluir
  14. Carlinha que primor sua execução da receita escolhida :o
    Ficou muito fotogênica e com um aspecto delicioso, delicioso mesmo :P
    Sua escolha foi perfeita!
    Bom saber que o livro tem esse espírito de "memória da doceira" ;)
    Um beijo,
    Queila

    ResponderExcluir
  15. Carlinha, achei muito diferente essa combinação! Nunca pensaria em juntar esses ingredientes em uma compota. Ficou com uma aparência linda. Acho que alguém vai ter torradinha com compota (ou com queijo branco, como os mineiros - é minha sobremesa "ataca-geladeira", rs) por muuuuito tempo :-) Delícia! Que tal mostrar pra gente uma receita "tri" boa usando essa compota (tô te ajudando a dar cabo da produção, rs)? Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Gostei da sugestão da compota de melão com limão, vou tentar fazer. Bjs

    ResponderExcluir
  17. O livro é bem bacana por isso: traz possibilidades muito inusitadas.

    Eu jamais pensaria em fazer uma compota de melão! Ainda bem que a gente aprende coisas novas todos os dias, né?! Tem que abrir a cabeça, topar novidades e arriscar.

    Obrigada por todos comentários.

    (Adri, cerrrrto que as suas dicas serão seguidas...hahahah)

    Beijos
    Carla Maicá

    ResponderExcluir
  18. Adorei Carla, o seu blog...Parabéns!
    Ontem fiz a compota de morango com tomilho...
    Hummm delícia...
    É muito Bom ver a Tua Arte...
    Beijos no Coração!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.