setembro 11, 2017

Budino di pane al profumo d'arancia [Pudim de pão com toque de laranja]

Avanzi é um termo da linguagem doméstica italiana e pode ser traduzido como sobras. As sobras de uma comida, de um preparo ou até mesmo aqueles restinhos que ficaram na geladeira de legumes, queijos, carne. Por exemplo, a última receita, a salada de massa que fiz aqui no blog é um ótimo exemplo de "avanzi": foi feita com sobras que, antes d'eu viajar, deveriam ser usadas. 

Um dos aproveitamentos mais clássicos da cozinha é o croquete de carne, que deve ser feito com a carne já utilizada em outro preparo. Como esta receita aqui do Artusi e que é maravilhosa (eu adoro croquete, me julguem.). 

Na Itália, talvez o alimento que mais seja utilizado como reaproveitamento é o pão. Já falei várias vezes isso aqui. Falei inclusive sobre o ditado il pane non si butta: pão não se joga fora. E sim, são inúmeras receitas com reaproveitamento de pão. 

Dessa vez optei em não fazer canederli, embora queria fazer de novo para tirar novas fotos e atualizar o post, e fui para o pudim de pão com passas. Um clássico. 

Pesquisei vários materiais e encontrei inúmeras receitas com diversas variações entre elas. Assim, acabei juntando uma ideia daqui, outra dali e fiz o "meu" pudim. 

As fotos não estão boas, lamento, já o pudim com este toque de laranja, meu bem... Ficou super bom. 






Budino di pane al profumo d'arancia - Pudim de pão com toque de laranja

Ingredientes

300 gramas de pão dormido cortado em cubos
600ml de leite morno
04 ovos
90 gramas de uvas-passas
30 ml de rum - usei scotch surrupiado do marido
180 gramas de açúcar 
Raspas de 1 laranja

150 gramas de açúcar para caramelar a forma


Em um potinho coloque as passas e o rum.
Numa tigela coloque os cubos de pão e derrame sobre eles o leite morno. Deixe descansar por 1h. 

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Você vai usar banho-maria também. 

Bata os ovos com o açúcar até ficar um creme aerado, acrescente as raspas de laranja e as passas com o rum. Misture tudo delicadamente e, aos poucos, vá acrescentando ao pão embebido com leite. Misture até formar uma massa cremosa e aromática.

Como o açúcar caramelize a forma de pudim. Eu usei a forma n. 20 de bolo mesmo. Passe o caramelo por toda parte interna da forma, inclusive no centro dela, naquela parte que faz o furo. Onde tem caramelo não vai grudar. 

ATENÇÃO: Atentem para o ponto do caramelo. Eu deixei passar um pouco e optei em deixar assim. Acho que 1 tom abaixo de cor ficaria mais delicado no resultado final.

Derrame a massa do pudim na forma cuidando para deixar bem distribuído. Coloque em banho-maria e leve ao forno pré-aquecido por aproximadamente 30 minutos. 

Eu não cobri a forma e não vejo necessidade para tal. 

Retire do forno, espere amornar e retire da forma com cuidado. 

Para render uma caldinha de caramelo, leve a forma com os resíduos com um pouco de água (1/2 xícar chega) em fogo baixo e dissolva o caramelo novamente. Derrame essa calda sobre o pudim.

Sirva geladinho.





E você, qual receita com sobras tem a sua cozinha?



2 comentários:

  1. Oi Carlinha! Saudade menina... Teu pudim está com cara muito boa, também tenho uma receita de pudim de pão quase igual a essa, só faltou o toque de laranja. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Carla, pois eu gostei primeiro foi da cor!rs
    Ficou lindo e com toque de laranja deve ser bom demais!
    Bjo

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.