junho 06, 2017

Rotolo ai funghi e formaggio [Rocambole de cogumelos e queijo]

Massa folhada é uma coisa que gosto. Gosto mesmo! Salgadinho de festa com massa folhada são meus preferidos: empadinha de frango? Gosto. Enroladinho de salsicha? Gosto. (E que outro jeito comer salsicha?!) Pastelzinho folhado de maçã e canela? Gosto. Gosto muito. Mas o problema da massa folhada é... fazer a massa folhada. É um trabalho do cão e um dobra aqui, dobra lá... Cresci vendo minha mãe fazer, assim, no muque mesmo. Não desejo isso para ninguém. 

Até mesmo o Artusi diz isso na sua receita: 

Massa folhada - Nº 154

"A beleza dessa massa é que, crescendo, fica fina e muito leve. Porém é difícil de fazer por quem não tem muita prática. Seria necessário assistir um especialista fazendo mas mesmo assim tentarei explicar da melhor forma possível, se conseguir."

Um outro dia, quando eu estiver a fim de me incomodar na cozinha, faço a receita do Artusi para vocês. Aliás, ele apresenta duas receitas de massa folhada. Um dia eu tento. Um dia... (embora a receita de apfelstrudel do Artusi seja muito fácil. Tio Artusi manja das coisas.)

O bom é que conseguimos boas massas prontas hoje em quase todos os supermercados. É um ingrediente coringa pois é muito versátil e pode quebrar um galho na cozinha. Vai do doce ao salgado sem problema algum. Dá para fazer coisas muito simples como tiras enroladinhas em queijo, pequenos pastéis recheados com uma boa geleia, círculos de massa com creme de confeiteiro... Dá para sofisticar com receitas de tortas salgadas para um brunch, por exemplo, ou até mesmo enrolar a massa em aspargos. Ô, riqueza! Enfim, muitas coisas para fazer. Os italianos usam muito, principalmente em aperitivos, comidinhas de coquetel, de happy hours... 

Hoje trago para vocês uma espécie de strudel, o que os italianos chamam de "rotolo", numa tradução tosca "rolo". Ah, Carla, não é rocambole? Sim, podemos traduzir como rocambole, mas confesso que ainda não é um correspondente que me deixa confortável. Por enquanto vou deixar "rocambole" mas estou ainda com um não contentamento sobre esta palavra... 

Rotolo ai funghi e formaggio - Rocambole de cogumelos e queijo

Para 4 pessoas

Ingredientes

1 rolo de massa folhada
Azeite
01 dente de alho
300 gramas de cogumelos frescos - usei cogumelos castanhos
1/2 xícara de vinho branco
80 gramas de queijo ralado na hora - pode ser parmesão - Usei canastra
04 colheres (sopa) de farinha de rosca
Fatias de bacon - com pouca gordura
Salsinha picada a gosto
Sal e pimenta - Atenção ao sal: o queijo e o bacon são salgados.
01 gema diluída em um pouquinho d'água para pincelar

Limpe os cogumelos com um papel toalha úmido e pique em cubinhos.

Em uma frigideira grande coloque o azeite para aquecer. Coloque o alho descascado e cortado ao meio. Deixe o azeite ficar aromatizado pelo alho e retire-o da frigideira antes do alho tostar. Adicione os cogumelos picados e refogue por 5 minutos. Acrescente o vinho e deixe evaporar, tempere com sal e pimenta. Adicione a salsinha picada e desligue o fogo.  Deixe esfriar o refogado e acrescente a farinha de rosca e o queijo. Este será o recheio do nosso "rolo".


Pré aqueça o forno a 220ºC.

Abra a massa folhada e distribua as fatias de bacon deixando margens na massa para que você possa fechar a massa. Distribua o recheio sobre o bacon respeitando a margem. Aqui eu usei uma massa não muito grande e acabou sobrando recheio. Vá enrolando a massa pelo lado mais longo, não o mais curto. Coloque em uma assadeira untada, pincele com a gema de ovo diluída. Usei um pouco de papoula para fazer um charme. Leve ao forno por mais ou menos 30 minutos ou até ficar dourado. Sirva morno. 

Observação: a massa folhada vem envolta em um plástico. Meu conselho é que polvilhe com farinha a mesa ou bancada que você estiver trabalhando e retire o plástico antes de começar a rechear. Vai ficar mais fácil de manusear sem o plástico. 


E você já fez massa folhada? Se sim, alguma dica?


Um comentário:

  1. E agora? Tenho que tentar fazer...?! Tentação!!! Volta Armazém Artusi!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.