março 05, 2017

Fave Pizzicate [Favas cozidas com legumes] e amiga talentosa

Como contei no post anterior estava de férias e os últimos dias delas foram curtidos em Minas Gerais, em Uberlândia na casa da Alice Gussoni.

A Alice, ah, a Alice!

A Alice é uma grande amiga com quem tenho dividido muitas coisas, entre elas o amor pela gastronomia e pela Itália. Conheci através do seu irmão, o Marcel do blog Sabor Sonoro e, há uns três anos, temos convivido bastante. O nosso interesse por comida e italianidades nos aproximou e desde então temos nos divertido não só entre as panelas. Quem nos acompanha no Facebook e no Instagram sabe que já aprontamos algumas: já fizemos piquenique chique nas areias de Capão da Canoa, já saltitamos pelo Vale do Vinhedos, alguns passeios por Porto Alegre, aprontamos algumas na época do Armazém Artusi e, para resumir, o quarto de hóspedes aqui de casa é praticamente dela. Só falta o enxoval - coisa que vou providenciar, principalmente com roupas de inverno, porque a guria já passou uns frios danados por aqui. 

Acontece que fazia tempo que queria ir para Minas passar um tempo com ela e fui em fevereiro. 

(Pausa para secar a lagriminha que escorreu aqui: que saudade dos gêmeos Caio e Théo!!!)

Foram mais de quinze dias curtindo a Alice e os guris, os gêmeos mais fofos do mundo, que dizem "tia Carla" da maneira mais arrebatadora que você pode imaginar. Foram 15 dias imersa em um mundo de pessoas muito (muito!) legais, aquarelas, conversas sensasionais e claro, comidinhas. 

Para quem não sabe a Alice é artista plástica e eu pude vivenciar nestes dias muitas obras sendo criadas. Dois dos meus maiores amores nas artes são a aquarela e a cerâmica, duas técnicas que ela domina lindamente. Vi nestes dias sairem pássaros de folhas em branco, girassóis brotando em cantos de folhas, poemas ilustrados que fundiam não só as cores aguadas mas também a forma e a palavra. 
Eu só não ficava olhando hipnotizada, mas tentando disfarçar meu encantamento para ela não achar que sou louca e repensasse o convite para eu ficar lá por uns dias. É tudo lindo, gente, lindo. Sou fã!

Para o Armazém ela já havia feito um painel lindo que trouxemos para casa, além da capa de um dos Almanaques Artusi e outras ilustrações que guardo com todo carinho. E agora é dela a nova arte do blog. São delas os limões sicilianos tão elegantes e clean. É dela meu avatar, quase enigmático. 

 A nova identidade visual do Cucina Artusiana ficou linda. Alice, gratidão!

Lá no meio dos dias ela me disse que tinha umas favas secas e que poderíamos usar para alguma receita específica. Lembrei vagamente de uma receita siciliana e fui atrás. É muito simples. É basicamente favas cozidas em um refogado de legumes. O detalhe da nossa receita  fica pelo ora-pro-nobis, que utilizamos como alternativa às folhas de beterraba ou ainda a couve. Fusion cuisine, meu bem. 

Fave Pizzicate


Ingredientes


400 gramas de favas secas 
01 cebola picada
01 dente de alho picado
01 cenoura pequena picada
01 pedaço de aipo/salsão (a gosto)
03 tomates sem pele e sem sementes - Pode ser tomate pelado
Ora-pro-nobis a gosto (Pode ser folhas como couve, espinafre ou ainda folhas de beterraba)
Sal
Pimenta
Azeite


Atenção: o uso de grãos secos requer o cuidado de deixá-los de molho por, pelo menos, 8h. Se eu puder trocar a água algumas vezes ao longo do dia, melhor.

Cozinhe as favas em uma panela com água até ficarem macias (aproximandamente 1h).
Escorra a água do cozimento e reserve as favas. 

Em uma panela maior refogue no azeite a cebola, o alho, o aipo e a cenoura. (O nome disso é soffritto, lembram?!). Acrescente os tomates e deixe cozinhar em fogo baixo por alguns minutos. Adicione as favas cozidas, tempere com sal e pimenta, cubra com água e deixe formar um molho grosso. Cinco minutinhos antes de servir adicione as folhas de ora-pro-nobis, misture bem e sirva quentinho com um fio de azeite de boa qualidade. 


Cerâmicas e fotografia da Alice Gussoni. Como não amar?

Instagram da Alice Gussoni aqui para você se encantar com a obra dela. 

2 comentários:

  1. Eita, que beleza isso aqui. A identidade do blog está linda e esses limões são surreais. Assim como as cerâmicas. Tudo lindo pra combinar com a receita. Viva o CA!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que você voltou a postar!!! Hoje mesmo comi o molho de tomate básico que você ensina no blog. Virou minha receita padrão, pau pra toda obra e sou muito grata.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.