março 12, 2017

Spaghetti alla Bottarga [Espaguete com butarga] e um pouco de Palermo

A Sicília é uma das regiões italianas que mais tenho curiosidade em conhecer. Não sei se é o fato de que ela não é o estereótipo daquilo que conhecemos como Itália, o Bel Paese, e ter para mim um grande toque de exoticidade. Gosto da literatura em sua grande sensualidade e mistério em seus autores (e autoras!). Gosto dos dialetos, que para mim soam quase como línguas do Oriente Médio, e claro, a gastronomia que sem sombra de dúvidas é aquela da qual mais me aproximo, embora eu muito pouco use peixes e frutos do mar na minha cozinha. Já falei isso aqui no blog faz tempo, mas geralmente quando simpatizo com uma receita quase sempre ela é siciliana. E foi por este interesse que em fevereiro do ano passado consegui um estágio de 10 dias em uma osteria em Palermo, a Osteria Pantelleria. E foi uma super experiência!

Eu não vou escrever tudo que gostaria sobre meus dias em Palermo neste post. Trarei aos poucos outras receitas que aprendi lá e vou contando como foi a experiência. Eu simplesmente amei a cidade, as pessoas, a comida e estou me organizando para voltar tão logo possa. Deixo agora apenas umas fotinhos do Ballarò, o mercado-feira que acontece todos os dias na cidade, que é maravilhosamente estranho e encantador.





Mas estou falando da Sicília porque é de lá que vem esta receita de espaguete com butarga, um prato típico e considerado um mantra da cozinha siciliana. Nham!

A bottarga, em português butarga, são ovas de atum ou de tainha, salgadas e desidratadas. Aliás, aqui no Brasil, em Santa Catarina, a produção de butarga de tainha está excelente. Se você ainda não conhece este ingrediente, e se você gosta de sabor de mar, super recomendo. Geralmente é encontrada em delicatessen. É fácil e simples de usar. Quer ver?

Spaghetti alla bottarga

Ingredientes para 2 pessoas (como prato único)


200 gramas de espaguete
30 gramas de farinha de rosca
01 cebola média bem picadinha
01 limão siciliano - raspas
40 gramas de butarga ralada- usei de tainha
Azeite
Sal e pimenta a gosto


Em uma frigideira coloque um fio de azeite e toste a farinha de rosca. Reserve. 
Enquanto a massa cozinha em bastante água, refogue, numa panela que comporte bem a massa, a cebola, acrescente as raspas de limão, o sal e a pimenta e coloque uma concha da água do cozimento da massa. Baixe o fogo. Massa al dente, escorra reservando um xícara de água quente. Coloque na panela do refogado, misture para incorporar os sabores, se necessário acrescente um pouco da água do cozimento. Adicione a butarga, misture, e por último a farinha de rosca tostada. Atente que este ingrediente deve ser o último, para que a farinha mantenha a crocância e o sabor e não fique muito úmida até que seja devorado o prato.




Sobre as fotos do blog: pessoal, neste meu retorno ao blog não me dedicarei tanto às fotos. Óbvio que elas terão o cuidado que sempre procurei ter, mas não tenho mais como ficar horas produzindo, criando cenários e tals. Me dei por derrotada e sei que não possuo a técnica necessária que me deixe de fato satisfeita. Logo, serão fotos mais espontâneas, menos produzidas, ok?!



2 comentários:

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.