setembro 19, 2014

Fermento Artesanal #13 - 15º e 16º dia

Ficou lindo? Ficou! Fiquei olhando para o forno a cada 5 minutos para ver se estava crescendo? Fiquei! Quase chorei quando tirei do forno? Quase. Abri a geladeira e olhei com carinho para o pote onde habita o Fermento II? Abri. 



É muito legal quando a gente confirma que está fazendo certo.
O Fermento II tem 15 dias e tem apresentado bons resultados. Tão jovem e tão competente.

15º dia - ontem:

Para o pão "italiano" usei:


500 gramas de farinha de trigo branca
225 gramas de água
10 gramas de sal
20 gramas de açúcar
250 gramas de fermento artesanal - 1h fora da geladeira.



Retire o fermento da geladeira e separe os 250 gramas da receita. Aproveite para alimentá-lo:
se tiramos 250 gramas, vamos repor esta quantidade em farinha e água: 125 gramas de farinha branca e 125ml de água. Volta para a geladeira.

Misture o sal e o açúcar à farinha. Dissolva o fermento com a água. 
Em uma superfície coloque a farinha, faça um buraco ao centro. Coloque ali o fermento e comece, aos poucos a misturá-lo com a farinha. Quando já estiver todo líquido incorporado faça uma sova até ficar uma massa homogênea. 

Coloque em uma tigela, cubra com pano de prato limpo e deixe repousar por 1h.

Faça a 2ª sova, trazendo as bordas da massa para o centro, girando a tigela para que todo o pão seja sovado. Descanso de 1h.

Repita o passo anterior e molde o pão de forma arredondada. Polvilhe farinha sobre ele.

Coloque em uma cestinha de fermentação (ou escorredor de massa) usando um pano de prato limpo para protegê-lo e deixe fermentar por 8h em lugar sem vento.



Dobrou de tamanho? Ótimo!

Coloque o forno preaqueça o forno a 250ºC. Coloque uma forma no piso do forno e deixe 1/2 xícara de água separada para fazermos vapor dentro do forno.

Passe o pão para uma assadeira e leve ao forno. Jogue a água na forma quente, feche o forno e diminua a temperatura para 200ºC.

Asse por aproximadamente 25 minutos. Confira se está assado batendo embaixo do pão, deve soar oco.
Retire do forno e coloque sobre uma gradinha para esfriar.




OBSERVAÇÕES SOBRE ESTE PÃO:

O miolo não ficou perfeito. Acho que poderia ter ficado mais leve, melhor assado. 
Para isso acredito que eu poderia ter diminuído um pouco mais a temperatura do forno para 180º e aumentado o tempo de forno para uns 30 minutos.

Além disso, poderia ter dividido a massa. Acredito que ficariam pães mais leves, melhores fermentados. 

16º dia - hoje
Alimentação: 100 gramas de farinha branca e 50 ml de água.





2 comentários:

  1. Olá. Minha família reclama do gosto azedinho do pão feito com fermento artesanal. Isso é normal,ou estou fazendo alguma coisa errada?

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lili!

    Olha, eu não entendo muito, não, mas sei que umas das características da fermentação artesanal é que o pão é mais ácido. Os que fiz até agora eu não percebi uma acidez acentuada, talvez por não tenha acontecido ou talvez pq eu goste desta característica. Adoro sabores ácidos e amargos...rs.

    O que percebi sim, é que o Fermento II é muito mais ácido que o Fermento I, do ano passado. Mas penso que é pq ainda é novo. Vamos ver o que acontece.

    De qualquer maneira, Lili, acredito que é uma questão de gosto, de hábito. Você não acha?

    Grade beijo,
    Carla

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.