julho 15, 2013

Peperonata

Mais um dos clássicos da cozinha italiana e, como geralmente acontece, um prato de fácil execução, saboroso e versátil. Pode ser usada como acompanhamento de carnes, como molho para massas e também como cobertura para bruschette e crostini... E porque não em pizzas?

Vou contar um "equívoco gastronômico" que aconteceu comigo:

Fomos, eu e um amigo (Carlos, saudade desses dias!), andar por Nápoles à noite e acabamos encontrando, bem por acaso, a pizzaria Il Pizzaiolo del Presidente, lugar que ficou famoso depois quem Bill Clinton colocou os pés. Tínhamos comido pizza no almoço e comeríamos pizza no jantar, mas quem se importa? Estávamos em Nápoles, cidade da pizza. 

Em meio as nossas surpresas e comentários sobre o lugar fizemos o pedido sem muita importância. Pedi uma de peperoni. Pe-pe-ro-ni, salame para mim, certo?! Ok, quando vem meu pedido o que vejo como cobertura do meu jantar? Pimentões! Muitos pimentões coloridos numa bela peperonata. Depois de alguns segundos de "hã?!", me dei conta que "peperoni" são pimentões e "pePPeroni" é o tipo de salame apimentado. Ok, também não sei o porquê de duplicarem o P para o salame, mas o fato é que uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa e eu acabei, embora a pizza tivesse super boa, um tanto frustrada.


Peperonata

Originária da Emília-Romanha, mas difundida em várias regiões italianas, a peperonata conta com diversas variações. Na Sicília, por exemplo, recebe azeitonas verdes, na Campânia alho e louro, no Vêneto berinjelas e manjericão.

Ingredientes


700 gramas de pimentões (verde, amarelo e vermelho)
300 gramas de sugo de tomate
01 cebola média picada
02 dentes de alho
Azeite de oliva
Sal a gosto.

Lave os pimentões, retire as sementes e corte em tiras. Refoque a cebola e o alho (inteiro, caso prefira) em azeite de oliva. Acrescente os pimentões, mexa um pouco e tampe a panela. Deixe cozinhar por aproximadamente 20 minutos em fogo bem baixinho. Cuide para não queimar. Adicione o molho sugo, misture bem, tempere com sal, tampe novamente e cozinhe por 10 minutos. 
Retire da panela e, caso não use logo, coloque em um vidro esterilizado e com tampa. 



Curta a página do Cucina no Facebook aqui.

3 comentários:

  1. Lindo! Fácil! Quer mais o quê? Preciso compartilhar com o CA a compota de tomate seco que eu fiz. :)

    ResponderExcluir
  2. Adorei a dica! E fala sério, a pizza devia estar deliciosa.
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  3. Com um belo pão italiano, nem falar eu quero!
    Baci

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.