maio 04, 2013

Pizza del Fornaio [Pizza de Padaria]

Fornaio, é o padeiro, é quem cuida dos fornos e dos produtos que deles saem. Por isso esta pizza tem este nome, pois não é a pizza do pizzaiolo, redondinha e individual como é servida na Itália. A pizza do padeiro é feita em formas grandes e cortadas em grandes quadrados. Pode ser levada para casa, mas a grande sacada é pegar um pedaços desses e sair comendo pela rua.

Aqui no sul - não sei no resto do Brasil também-, nós temos uma pizza bastante parecida: a pizza de aniversário, geralmente com cobertura de molho de sardinha. Na família do meu pai é tradição. Minha avó fazia (e já disse que talvez por isso hoje eu seja louca por molhos vermelhos, pois o que sobrava na panela era dado a mim com um naco de pão!) e hoje cabe a minha Tia Favorita (sim, a chamo assim) fazer essa pizza quando a família se reúne. Eu adoro e quando começa o agito para um encontro familiar a pergunta é sempre a mesma: vai ter pizza?! 

Esta receita eu gostei bastante. Principalmente da massa que é uma gostosura de trabalhar. Tenho a impressão que a da minha família é uma massa mais mole, uma massa de "pão batido" como dizemos. Já essa é mais consistente.

O que eu não gostei muito foi da cobertura. Explico.
A receita pede "pelati", apenas isso. Pelati, são tomates sem pele, aquela conserva básica que compramos em lata, os tomates pelados. Pois então, eu imaginei que apenas usando eles a cobertura ficaria ácida, mas decidi arriscar. Passei os tomates no passaverdura, temperei com sal, pimenta e, por minha conta, coloquei uma pitada de açúcar. Não cozinhei este molho. Ele foi assim sobre a pizza. Depois de assada, eu achei que ficou muito ácida ainda. Então sugiro que use o seu molho vermelho de sempre. 




Pizza del fornaio - Pizza de padaria

(Do livro Pane - il piacere di preparare il pane a casa)

(Fiz 1/2 receita e rendeu uma forma média e ainda sobrou um pedaço de massa)

Ingredientes

Massa

1kg de farinha de trigo
400-500ml de água morna
40 gramas de fermento biológico fresco (ou 15 gramas do seco)
100 gramas de banha de porco (ou azeite de oliva - usei banha)
10 gramas de açúcar
20 gramas de sal

Cobertura 

800 gramas de molho vermelho de sua preferência
Queijo em pedacinhos (muçarela, mozzarella, provolone...)


Coloque a farinha na superfície de trabalho e faça um buraco no centro. Acrescente o fermento, o açúcar e um pouco da água morna. Deixe descansar por 5 minutos. 

Misturae acrescentando água aos poucos. Comece a sovar com as duas mãos, abra um pouco a massa e acrescente a banha e o sal. Sove por aproximadamente 5 min. A massa deve resultar lisa e bastante macia.

Coloque em uma bacia e cubra com plástico filme ou um pano molhado. Deixe drobrar de tamanho.

Dobrou de tamanho, faça a segunda sova. Abra a massa com um rolo e disponha em uma forma untada com azeite. Cubra a massa com o molho e deixe levedar mais uma vez (mais iu menos uns 40 minutos). Asse por 45 minutos em forno pré aquecido a 200ºC. Quando faltar 1 ou 2 minutos para a retirada do forno, acrescente os pedacinhos de queijo e volte para o forno para que derreta.





10 comentários:

  1. Quem sabe é essa a receita de pizza (perdida) da minha avó, que já se foi...

    ResponderExcluir
  2. Adorei a receita. Vou fazer e depois te digo como ficou, tá? Beijão!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Carla,
    Que delícia de tradição! Aqui na Bahia - em Salvador pelo menos - não temos esse costume, mas sou favorável à importação. =)
    Bjo,
    Amelí

    ResponderExcluir
  4. Fiz um comentário no post da fogaccia e vou repeti-lo aqui:
    "Voce não citou a fougasse da região da Provença na França também citado como o pão mais antigo, é peculiar a semelhança das palavras inclusive a sonoridade, neste caso a indeterminação da origem pode se acertar com invetigações mais assertadas para que tudo não converja apenas à um país em detrimento ou desprezando a cultura de outros."
    Maria

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla!

    Tudo bem? Eu gostei do aspecto da tua pizza. Minha mãe também fazia esta de sardinha que tu falaste. Era feita no "olho", hoje não temos mais nossa Mãezinha e apesar de fazermos a pizza, não fica igual a dela. Poderias conseguir a receita com a "tia preferida" e postar no teu blog?

    beijos

    Nara

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o post amei vou sempre visitar seu website !!

    ResponderExcluir
  7. Tbm vou fazer. Pesquisei várias receitas mas era essa com massa de pão que eu queria achar. Essa pizza podia se chamar Pizza de vó.

    ResponderExcluir
  8. Excelente post. Já está marcado nos meus favoritos. Adorei este site ao ler vi que era o que eu estava procurando, Estou ansiosa para ler seu próximo artigo, parabéns.e muito Swing um abraço

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.