novembro 06, 2012

Sorbetto al limone e basilico.... Ah, o basilico!

Cá estou depois de alguns longos dias longe. Depois do fracasso dos meus canolli siciliani mais a minha nova rotina de sub chef em um bistrô (e mais uma saturação de Facebook, Twitter etc) fiquei em off por estes dias, mas hoje retorno com uma receita bem refrescante de sorbetto.

Não sei se já comentei aqui mas sou louca por sorvete, e vocês podem imaginar o quanto me esbaldei enquanto estava na Itália. Os sorvetes italianos são divinos e, em cada cidadezinha que eu visitava, sempre procurava uma gelateria. Além do cioccolato fondente e Nutella sempre pedia o de limão. Ah, o sorvete de limão! Geladinho, azedinho.... chega a dar água na boca só de lembrar. 

O que trago aqui não é bem um sorvete, mas sim um sorbet, um composto menos denso e geralmente feito com suco de frutas. Lógico que optei pelo limão e, como gosto muito de manjericão, não pensei duas vezes na hora de incorporar à receita. Acho manjericão muito digno e casou muito bem aqui. Manjericão, seu lindo!

O que eu acho interessante nos sorbetti é que são fáceis de fazer e não levam gordura alguma (embora haja uma receita com mascarpone no livro A Itália de Jamie ou ainda versões com creme de leite). Acho ideal para os dias quentes que nos esperam nos próximos meses. É fácil, barato e saboroso. Melhor impossível.



Os sorbetti podem ser servidos não só como sobremesa, mas também para "limpar" o paladar entre  um prato e outro em refeições mais elaboradas. Que chique!

Sorbetti al limone e basilico - Sorbet de limão e manjericão

200 gramas de açúcar
300 ml de água
03 limões - usei siciliano
50 ml de vodka
folhas de manjericão fresco
01 clara

Coloque a água e o açúcar em uma panelinha, acrescente a casca de 01 limão e leve para ferver por 5 minutos. Deixe esfriar, retire a casca da calda e acrescente o suco dos 3 limões, o manjericão picado e a vodka. 

Bata a clara em neve firme e incorpore a calda, mexe devagar misturando tudo. Neste primeiro momento não vai haver a homogeneização, mas leve ao congelador por 1h em um recipiente de metal. Eu usei a própria tigela da batedeira. Retire do congelador e misture a massa novamente e leve para o congelador por mais 1h. Repita a operação 3 vezes. O resultado vai ser uma massa leve e aerada. Retire do congelador somente na hora de servir. As taças também devem estar geladas.




Basílico, manjericão e alfavaca:

Ontem, quando disse que postaria esse sorbet com manjericão veio á tona no Facebook a questão sobre o que é basílico e o que é manjericão. Então aí vai o que sei:

Para mim basilico é manjericão em italiano. Erva muito utilizada na culinária e principal ingrediente do pesto genovese. A questão é que já vi em alguns livros em português o termo basílico ou até mesmo alfavaca para definir o manjericão. 

Manjericão (Ocimum basilicum) eu já vi de três tipos: o verde de folhas miudinhas, como o da foto acima, um outro tipo roxo, mas também de folhas miúdas e o manjericão de folhas largas, que geralmente vejo associado ao preparo do pesto e com muita referência desse tipo como o tal basílico

Já a alfavaca, eu sinceramente não sei onde entra, mas já vi, inclusive numa receita de pesto, a solicitação não de manjericão, mas de alfavaca. Sei que na época fui atrás e achei informações desencontradas e o que me parece na verdade algum "deslizamento". Quando pesquisado  por "alfavaca" duas coisas são presentes: a) a imagem mais associada é a do manjericão de folhas largas e b) o termo "alfavaca" está associado à medicina e não á culinária. Então, nesse primeiro momento digo que, embora ervas da mesma família, uma é considerada erva medicinal e a outra erva culinária. Um detalhe: manjericão em espanhol é... albahaca. Rá!

E para confundir mais ainda, o livro Dona Benta - Comer Bem, traz em seu glossário a definição de alfavaca como "[erva] também conhecida como segurelha...". Isso sim me parece um equívoco, já que segurelha nem de perto é da mesma família. Vai entender?!

E só para terminar, segurelha é uma palavra que me persegue, pois ela aparece na tradução do Artusi em português brasileiro e está sempre usada como tradução para nepitella que é um tipo de menta. Fiz este texto aqui falando desse equívoco de tradução e a tradutora em questão, uma portuguesa morando na Itália, me achou e escreveu se apresentando e me dando um tapa de luva, porém não me esclareceu a opção de usar uma erva de outra família na receita. Enfim...

O que eu acho na verdade é que as coisas recebem muitos nomes em muitos lugares. E isso, num momento de tradução ou até mesmo na escrita de um texto onde os leitores serão de outras regiões, pode confundir mesmo. E é por isso que gosto tanto da Linguística, ciência esta que estuda esses fenômenos. 

Ufa, chega! Vamos comer sorbetto!


13 comentários:

  1. Carla, arrasou neste sorbetto!!! Adorei o toque de manjericão. Deu uma "chiqueza" heim?! rsrs...
    Super apropriada para este calor dos infernos que anda fazendo por aqui.
    A foto ficou linda :)
    Bjos
    Tania

    ResponderExcluir
  2. Que post brilhante, Carla!
    Uma aula sobre termos culinários! A-m-o!!!

    Não sou uma apaixonada por sorvetes, e sorbetto, confesso, nunca provei, porém fiquei bem curiosa em relação à textura. Já o marido é fanático por um sorvetinho... Acho que vou ter que testar e fazer uma surpresa pro amore! Afinal, a receita é bem fácil, o que é ótimo!

    Beijocas e obrigada pela aula!

    ResponderExcluir
  3. Pelo que eu sei é que o Manjericão (Ocimum Basilicum) tem como nomes populares de:Manjericão, Alfavaca, Alfavaca-cheirosa, Alfavaca-de-jardim,Alfavaca-doce, Alfavaca-d'américa, Basilicão,Basílico, Erva-real, Manjericão-branco,Manjericão-de-folha-larga, Manjericão doce, Manjericão-de-molho, Manjericão-grande.
    Cada região o conhece por um nome diferente mas todos sendo uma planta da Família Lamiaceae.

    ResponderExcluir
  4. Adorei a receita, fácil, sem complicações malucas. Vou fazer e arrasar no jantar no fim de semana e vou abusar de fazer também o bolo de limão siciliano junto, afinal Alicinha tem que ter uma sobremesa. Beijos e obrigada.

    ResponderExcluir
  5. Hummmm, Divino Carlinha! Sorbet de manjericão nunca tomei, mas sorvete sim, numa festa e depois eu e uma amiga fizemos em casa a partir de uma receita base da minha mãe. Ela sempre me cobra para fazermos novamente.
    Sou mais de sorbet na verdade do que sorvete, mais leve, mais condizente com o calor.
    Adorei a postagem além da receita com os termos à respeito do manjericão. Outro dia comprei o de folha grandona com o nome de Basilicon.
    Sou amante dos manjericões, nessa sua receita deve ter dado um toque tipo que faz a diferença.
    Lindas fotos como sempre minha bela!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Adorei principalmente a dignidade do manjericão! Ele merece sim!

    O sorbetto é definitivamente uma paixão..de limão...de pistache... C'est parfait!

    Ahh, adorei o post...mais uma vez, com super conteúdo, personalidade e você!

    Beijos Querida!

    ResponderExcluir
  7. Ah, os sorvetes italianos, são mesmo indescritíveis!

    Limão, sim, e manjericão, pra fazer uma combinação dos deuses, deuses italianos, claro!!!

    ResponderExcluir
  8. Dá gosto de ler cada palavra que você escreve, viu? Adorei o "Manjericão, seu lindo!". Hehehehehe. Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Adorei esta receita Carla...super dica para o verão que está chegando!

    ResponderExcluir
  10. Que refrescante Carla! Já tomei limonada com manjericão e é uma combinação ótima!! No sorvete deve ficar divina.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. O manjericão de folhas largas é o meu preferido, tem mais sabor, mais aroma... Mas gosto de usar o de folhas miúdas também, no contexto "decoração" de pratos. Beijos saudosos!
    Ah! Quero esse sorbetto a próxima vez que eu for te visitar!

    ResponderExcluir
  12. Carlinha, realmente essa folhinhas tanto pequenas como as maiores são excelentes. Tem um aroma agradabilíssimo!
    Sou apaixonada por sorvetes de limão e me encantei de cara com esse sorbet. O manjericão deve ter dado um toque bem bacana,adorei!
    Levando comigo,tá?
    Bjinhos. Re

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.