setembro 22, 2012

Pane ai fichi e semi di finocchio [Pão com figo e erva-doce]

Você tem alguma mania, um tique na cozinha?! Eu tenho alguns. Por exemplo, quando vou lavar a louça separo tudo por categorias: panelas de um lado (serão lavadas sempre por último), copos de outro. Talheres num cantinho da cuba para já ir pegando toda a água quente dos outras coisas. Os pratos são organizados por tamanhos também. Os potes de plástico são empilhados e lavados antes das panelas. Toda a louça é colocada no escorredor formando uma réplica da Torre de Pisa. Só seco a louça em casos extremos, como uma visita ou até mesmo a superlotação do escorredor. Exceto os talheres que seco na hora para que não fiquem manchados. Enfim...manias.

Outra mania que peguei com o tempo foi nunca ter leite condensado em casa. O motivo é óbvio: sempre acabava antes de eu pensar em um propósito real para ele. Então não tenho. Se precisar, vou comprar. Por outro lado tem ingredientes que não posso pensar em deixar faltar, embora os use pouco na cozinha. Sempre, sempre, sempre tenho na despensa frutas secas: damascos, tâmaras, amêndoas, uvas passas... Quando vou no Mercado Público de Porto Alegre minha listinha básica sempre tem um ou outro desses itens que acabei usando dias antes. Se não tenho eles em casa me sinto estranha. Quantas mulheres você já ouviu dizer "me sinto nua se saio de casa sem brincos/batom/perfume!"? É mais ou menos isso. 

E, como sempre tenho figo turco em casa, não pensei duas vezes antes de fazer esse pão. Ainda mais que leva erva-doce. Adoro!

A aparência da casca eu não gostei muito não. Até mesmo no livro de onde peguei a receita ela não é bonita, mas mesmo assim fiz. Ainda bem, pois a massa é deliciosamente macia. 



Pane ai fichi e semi di finocchio - Pão com figo e erva-doce

Ingredientes

500 gramas de farinha de trigo
25 gramas de açúcar
25 gramas de fermento biológico (ou 9 gramas do seco)
250 ml de leite - precisei mais um pouco
75 gramas de manteiga em temperatura ambiente
100 gramas de figos
10 gramas de sementes de erva-doce
01 pitada de sal




Eu burlei o sistema e fiz a massa na máquina de pão: coloquei o leite morno, o fermento e a farinha na máquina e selecionei a opção "massas" que na minha tem o ciclo de 1h30. Depois de 30 minutos adicionei a manteiga, o sal e as sementes de erva-doce e voltei para o início do ciclo, respeitando a 1h30 de fermentação. 

Quando apitou a máquina informando que o tempo acabou, retirei a massa, coloquei em uma superfície polvilhada com farinha e a abri. Adicionei os figos cortados em pedacinhos e sove uns 10 minutos para incorporar bem e retirar todo o ar da fermentação. Moldei dois pães, coloquei em uma forma, cubri com um plástico e deixei levedar por mais 1h. Assei em forno pré aquecido a 220ºC por 40 minutos. 

Caso você não tenha ou não queria fazer na máquina, o processo é simples: coloque a farinha em uma tigela, o açúcar e o fermento dissolvido em um pouco do leite morno. Vá misturando e incoporando o leite aos poucos. Sove bem, por uns 10 minutos, faça uma bolinha com a massa, cubra com plástico e deixe fermentar por 30 minutos. Passado os 30 min coloque a massa em uma superfície polvilhada com farinha e adicione a manteiga, o sal e a erva-doce. Sove por 10 minutos, faça uma bolinha novamente e deixe levedar por 1h. Depois disso é só seguir os passos que fiz a partir do momento que tirei a massa da máquina.

Minha irmã que chegou bem na horinha que os pães sairam do forno





3 comentários:

  1. Pan hermoso y sabroso una delicia total me encanta,abrazos y abrazos.

    ResponderExcluir
  2. Carla, concordo que a casca não chama muito a atenção, mas o interior tem um aspecto delicioso que me ganhou!Não sou fã de figos in natura, talvez os figos turcos secos me agradem, gostei da aparência deles!rs,...parecem saborosos!
    Mas gostei mesmo foi da erva doce que está linda, vc tbm as compra no mercado municipal? por aqui só encontro a seca de pacotinhos, muito feias e sem o aroma característico tão bom da erva doce...vou procurar mais!
    Bjs e um ótimo restinho de tarde pra vc!!

    ResponderExcluir
  3. Carla, que lindo seu pão! Arrasou como sempre :)
    Fiquei impressionada com sua organização para lavar louças! Eu tbém só seco as minhas em caso de urgência. O único serviço doméstico que se faz sozinho e eu vou fazer??? (nã nã ni nã não!)
    Manias? Tenho várias, mas é melhor nem listar aqui. Acho que não vai caber...haha
    Bjão
    Tania
    Tania

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.