agosto 20, 2012

O que acontece quando se tem um blog de gastronomia - Parte 5 [Livros]

A equação é simples: gastronomia + livros= rombo no cartão de crédito e estantes super lotadas. Quem não?!



Talvez a maior identificação entre os blogueiros de gastronomia, além claro, do fato de gostarem de cozinhar (e o de não gostar de lavar a louça), é a loucura por livros de culinária. E não é para menos. Eles estão cada vez mais lindos, cada vez mais sedutores e a gente sempre acha que vai ter tempo para ler e cozinhar tudo aquilo. Se no tempo da vovó eles eram prescritivos e práticos, hoje eles são quase artigos de luxo. Capa dura, fotografias belíssimas, receitas do mundo todo, receitas de qualquer coisa, receitas de qualquer tudo. 



Eu, desde que comecei a trabalhar, me tornei uma consumidora voraz de livros. Aos 16 anos, com o meu 1º salário comprei em 3x  o livro "Êxodos" do fotógrafo Sebastião Salgado. Foi um caminho sem volta! Depois entrei na faculdade de Letras e acabei indo trabalhar em um sebo. E ali, a doença atingiu o seu grau máximo. Posso dizer que meu salário era pago em livros, como um escambo, pois todos os meses os descontos com as minhas compras eram altos. E é desse tempo que tenho os meus xodós literários que mais amo. Só que esses são de literatura, crítica literária, artes. A minha atenção não tinha chegado às estantes de "Culinária" ainda. 



Quando comecei a flertar com a gastronomia acho que minha fase impulsiva de compras de livro tinha passado. Mesmo achando lindo livros sobre cupcakes, por exemplo, eu jamais compraria, pois sei que não vou fazer receita alguma dele. Hoje compro aquilo que realmente me interessa, que realmente me servirá e que não vai ocupar um espaço tão precioso na minha estante em vão. Até porque, convenhamos, livros de gastronomia são caros demais para serem comprados só para bonito. Além disso, quando se trata de culinária italiana tenho que estar atenta, pois muitos livros trazem um elenco já esteriotipado de receitas italianas. Daí não dá, né?!

Isso que não quer dizer que me tornei fria e calculista. Nada disso, apenas penso mais de uma (e duas e três e quatro) vezes antes de comprar. O que na verdade não aconteceu na Itália de onde eu trouxe mais de 40 títulos. Mas todos eles "são vitais para mim, eu não poderia continuar a respirar sem eles, a cozinhar sem eles, a pesquisar sem eles, a viver sem ele..." Foi isso que disse ao meu marido quando comecei a tirar livros e mais livros da mala. 



Um outra onda que estou curtindo agora são os "romances gastronômicos". Tenho lido bastante livros de ficção (ou não) que tem como pano de fundo a culinária e a relação dos personagem com ela. Já falei aqui na Marlena de Blasi e falarei ainda de alguns outros autores. Esses sim, eu tenho comprado sem pensar muito. Vocês tem alguns para me sugerir?! 

Outro tema que tem lugar garantido é o da panificação (doméstica). Queridos do meu coração!



E você compra muitos livros?! Loucamente?! Daqueles de entra na livraria para comprar um dicionário de inglês e sai com o último da Nigella? Daqueles que pede de aniversário, amigo secreto, dia das mãe, dos namorados ou em qualquer data? Me conte tudo.

Confira aqui a minha biblioteca gastronômica.

15 comentários:

  1. Compro alguns, mas com peso e medida (os que a minha carteira permite). As minhas ultimas aquisições foram dois do mestre Ottolenghi: Plenty e The Cookbook. Mas, como em todos os meus livros de culinária, quanto mais os leio mais gosto deles, e de cada vez parece que descubro novas receitas para fazer... Para já estou proibida (pela Srª Dª Carteira) de comprar mais o que quer que seja, de modo que tenho mesmo que saborear bem os muitos que enfeitam as minhas estantes :D

    ResponderExcluir
  2. Ai que delícia, além de amar comprar livros de gastronomia eu amo ver as estantes alheias também! Voltei da Itália com 3 livros de receitas e da França com 6, são meus xodózinhos agora.

    Mil Dias em Veneza entrou pra minha wishlist depois do seu post xD

    ResponderExcluir
  3. Oi Carlinha!

    Aff... eu ando num momento "aceitando doações" hahaha... Minha mãe tinha uma coleção da Folha de SP que eu gosto muito, mas ela nunca usou. E então, eu pedi, pedi e pedi e ela fez a boa ação! Eles estão bonitinhos no meu armário!
    Já a minha fase de ter que comprar dicionários de Inglês para a profissão já passou. E ultimamente tem sido só sobre Gastronomia, mesmo! Percebo isso quando o site da Saraiva mostra os livros que adquiri rsrs... E ainda faltam tantos que eu queria... Ainda bem que o Natal está chegando! (isso que é otimismo!) hahaha...

    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Carla,
    Sou como você agora, um pouco mais evoluída, comprando só o que acho que tenho de ter! :) Não compro livros para fazer receitas, compro pela informação, dicas e fotos, adoro os livros culturais sobre gastronomia de outros países e também os para leitura/romance/biografias. Adoro livros com muitas e boas fotos, e claro livros sobre especiarias. Quando estou no meu normal compro um ou dois livro por mês, normalmente pela Amazon, quando estou muito dura dou um tempo. O pior é que minha "wish list" sempre aumenta e nunca compro os livros que lá estão...
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Ah, comprei um de cozinha italiana nessa viagem. Vou analisar melhor e se achar bom te falo. As fotos são ótimas, mas por enquanto foi só o que puder ver... :)

    ResponderExcluir
  6. Carlinha,
    A verdade é que não estou dando conta de tanto livro que tenho. Preciso dar uma geral urgente.
    Tem um agravante nisso, o fato de ter parceria com duas editoras...rs!
    Boa semana pra você!

    ResponderExcluir
  7. Carla, meu primeiro livro de culinária comprei logo que comecei a trabalhar (depois de formada) ia me casar e não sabia nada de nada, além do básico que aprendemos observando as mães, mas meu interesse era minúsculo, depois vieram assinaturas de revistas, que abarrotam estantes e nos últimos anos comecei a ganhar em datas especiais (eu pedia) e agora compro um já pensando em outro, sou meio compulsiva por fotos, então se tem fotos lindas, lá vai cartão de crédito!Infelizmente não falo nem inglês, o que diminui muito minhas compras (acho que enfim isso é bom para meu bolso)!Adoro estantes alheias!!bj,

    ResponderExcluir
  8. Faço qualquer coisa por um livro.Fico salivando quando vejo um que me interessa.Ando frequentando A Estante Virtual e achando bem vantajoso. Livros de culinária, não compro mais.Às vezes ganho algum.

    ResponderExcluir
  9. Oi, querida! E eu que pensava que era "doente" por livros...agora vejo que tenho companhia ahahahaa...que dureza né? Eu sou daquelas que pede NAS DATAS, livros de culinária...que tinha levados TODOS eles para fazer uma biblioteca culinária na Miss Bebella e trouxe de volta para casa por puro CIÚME de ver os outros manuseando-os!!! Eu só tinha livros de psicopedagogia e pedagogia...aos poucos eles foram sendo trocados e hoje em dia eu não tenho mais nenhum de pedagogia...interessante como a minha biblioteca foi mudando...mudando...e hoje eu só tenho de culinária ahahahah
    Um beijo e um queijo, amiga!

    ResponderExcluir
  10. Ahhh os livros...uma paixão, um vício!!!
    O problema é que a estante aqui lotou e estou começando a espalhar livros para todo canto da casa.
    Assim como vc, ultimamente tenho comprado apenas os que interessam MESMO e tento deixar a empolgação um pouco de lado, senão, já viu né?! rs..
    Bjos
    Tania

    ResponderExcluir
  11. Morri de inveja! rsrsrsrsrsr adorei conhecer teu blog! Um espetáculo!!!
    fabipimentarosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Então acho q vc vai gostar tb de Sangue, Ossos e Manteiga - não conseguia largar!! Lala.

    ResponderExcluir
  13. Depois de passar por este post, fiquei me perguntando: "será que ela gosta da Julia Child?". (ok, sei que é um blog sobre culinária italiana, mas....) esses dias, baixei o Mastering the Art of French Cooking e, pra quem mal sabe fazer gelo e fritar um ovo, estou adorando o aprendizado da titia Julia! beijos, queri! (ps: salvei metade do teu blog nos meus favoritos!)

    ResponderExcluir
  14. Oi, Carla!

    Acho que todas as blogueiras de gastronomia são mesmo taradas por livros e programas de culinária. Eu adoro, mas como você, também já estou filtrando as minhas aquisições. Se pudesse eu teria tudo, mas me falta, principalmente tempo para ler e estante para guardar.

    beijinhos

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.