julho 16, 2012

Grissini Torinesi

Existe um tipo de biscoito italiano chamado brutti ma buoni - feios mais gostosos-, que já tem esse nome para alertar que embora a aparência não seja das melhores, o gosto compensa. Esses meus grissini poderiam ter esse sobrenome: Grissini Brutti ma Buoni, pois ficaram bem feinhos, coitadinhos.  

Eu não tenho muitas habilidades manuais. Não sei fazer nada de artesanato, não sei fazer tricô, crochê, pintura, pulserinha de miçanga. Muito menos esculturas. Eu não fiz a pré-escola e provavelmente minha cognição não é das melhores. E isso ficou claro quando fui fazer esses grissini. Fazer "cobrinhas" com a massa, Carla Maicá! Só isso e eu não obtive sucesso. O resultado é esse que vocês estão vendo. Todos diferentes. Uns mais curtos, outros mais grossos. Uma ode à diversidade!




A origem dos grissini é atribuída ao padeiro Antonio Brunero, de Torino, que recebeu um pedido do médico da Casa de Savoia de um pão que ajudasse no tratamento do problema estomacal de Vittorio Amedeo II provavelmente causado pela ingestão de um pão mal assado. Mas na realidade, ou melhor, na etimologia, a palavra grissino deriva, já na metade do século XIV, de ghërssin (piccola grissia), um tipo de pão de Monteferrato, que em função da crise que tomou conta da região nos anos 1400, se tornava, pouco a pouco, mais leve e mais fino, chegando ao ponto dos grissini que conhecemos hoje. 

Ingredientes:

500 gramas de farinha de trigo
250 ml de água morna
5 gramas de fermento biológico fresco
20 gramas de manteiga derretida
Azeite de oliva
Sal

Dilua o fermento na água morna e deixe em repouso por 10 minutos. Coloque a farinha em uma tigela grande, separando mais ou menos 1 xícara para a sova. Acrescente á água com o fermento na tigela com farinha. Misture bem, polvilhe a superfície de trabalho com farinha e coloque a massa. Sove por aproximadamente 10 minutos. Acrescente a manteiga derretida e o sal. Amasse de maneira que a massa incorpore a gordura, se necessário, acrescente aos poucos a farinha reservada. Sove por mais 10 minutos. A massa deve resultar macia e elástica. Faça uma bola de massa, unte com azeite de oliva e coloque na tigela coberta com filme plástico. Deixe levedar por 30 minutos.

Pré aqueça o forno a 250ºC

Coloque a massa na superfície de trabalho, sobe para retirar o ar e corte em pedaços pequenos (+- 40 gramas). Faça rolinhos longos com cada pedaço e coloque em formas untadas com azeite de oliva cuidando para manter dinstância entre eles para que não grudem. Asse por 12-15 minutos.


A massa, depois de assada, deve ser crocante. Os grissini são ótimos com presunto cru.


8 comentários:

  1. Adoro grissini e nem me importo se está com a aparência bonita ou não o que vale e a massa estar gostosa e crocante como o seu.

    Tô levando a receita.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Lourdes,

    É a segunda vez que faço grissini, mas a primeira que dá certo! Ficaram crocantes como devem ficar. ;)

    Um super beijo.
    Carla Maicá

    ResponderExcluir
  3. Carla, eu faço alguns bordados e até já fiz croché, mas nunca fui muito delicada e não sou "jeitosa" com as mãos (até meu filho já reclamou!rs,), mas viva a diferença e cada um desses, mais curtos ou mais longos, devem estar deliciosos...tenho fissura em coisas crocantes!
    Bj e boa semana!!

    ResponderExcluir
  4. hummy! tinha vontade em aprender a faze-los e vc matou minha curiosidade! adorei!!!

    http://deliciasdaisa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Carla, eu faço muitas comidas que são "Brutti ma Buoni" hehehe. Mas, sinceramente, nesse caso específico eu achei seus biscoitos uma gracinha! Gosto quando ficam diferentes assim, esse ar rústico que não deixa dúvidas de que os biscoitinhos foram feitos em casa! :)

    ResponderExcluir
  6. lindos feios (você achou eu não) grissini, adoro esse ar meio rustico de cozinha lá de casa. Perfeitos

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde.
    Acabei de fazer os grissinis e estão descansando já por 10 minutos a massa ficou macia e não vejo a hora de assa-los, assim que eu os assar volto para falar como ficou. Desde já agradeço a receita. Amei sei site.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.