dezembro 02, 2011

Conserva di Susine - Artusi 735 [Compota de Ameixas]

Dezembro! É dezembro e eu estou louca pra fazer uma retrospectiva de 2011.

Que ano bacana, cheio de revelações, de amigos novos, de conquistas, de desapegos. Me segurei agora para não fazer deste post o post de final de ano mas, diferente do comércio que já está enlouquecido desde outubro com suas vitrines natalinas, vou postar somente no final do final. Até lá muita coisa pode acontecer, né?!

Vamos à receita:

Na minha geladeira habitavam seis ameixas. Sim, habitavam. Quando as retirei de lá, juro ouvir uns gritinhos falando algo sobre usucapião, mas como sou a única com direitos plenos sobre a geladeira - o marido somente na prateleira das cervejas -, me fiz de ditadora e decidi o destino delas: compota.

Tinha lido essa receita no Artusi e achei tão bonitinho ameixas se chamarem susine em italiano. Mas mesmo bonitinho, o tio Artusi não curte muito a fruta, não:

Embora seja uma das compostas menos apreciadas, não vejo porque não ensinar como fazer a compota de ameixa, visto que muitos a usam.





Conserve di Susine - Compota de Ameixas

Ingredientes:

Para cada 100 gramas de ameixa (com caroço) use 60 gramas de açúcar.

Lave bem as ameixas, retire o caroço e coloque em uma panela alta e com fundo grosso. Cubra com o açúcar, misture bem e leve ao fogo baixo. Cozinhe por aproximadamente 40 minutos.

Quanto ao corte: eu cortei cada ameixa em seis pedaços longitudinais, mas você pode cortar em cubinhos ou esmagá-las depois de 10 minutos do cozimento. 

Plus da Carla: como eu adoro "um divertimento", lá pelos 30 minutos de cozimento, adicionei 100ml de vodka e uma canela em pau.

Retire da panela, coloque em um vidro esterilizado (COM MUITO CUIDADO PARA NÃO SE QUEIMAR) e guarde em um lugar escuro.

Artusi observa:

Se depois de um tempo a compota mofar, é sinal de que não foram bem cozidas [...] eu, às vezes, guardo por 04 ou 05 anos, sem que essas percam, ou bem pouco, a qualidade. 



O brilho dessa compota ficou maravilhoso!

16 comentários:

  1. Carlinha, sempre me divirto com seus textos! Além de a cada dia conhecer mais sobre esse tal Artusi... rsrs Adorei a compota de ameixas! beijos

    ResponderExcluir
  2. tio Artusi não simpatiza muito com as susines, pelo jeito... O que é o brilho e a cor dessa compota! Linda demais, deixa qualquer um babando... A canela deve ter dado um toque especial!

    ResponderExcluir
  3. Carlinha, vc é ótima em seus textos, já pensou em lançar um livro? Olha que talento vc tem hehe
    Quanto a essa compota pelo amor de Deus heim miga que cor é essa? que brilho é este? Ficou linda, e diferento do Sr. Artusi, adoro compota de ameixas. Bjocas ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  4. Carla,
    Post muito agradável, amei.
    É uma compota muito apreciada aqui em casa, vou testar a receita.
    Beijo
    Vânia

    ResponderExcluir
  5. Gostei da receita. Sem mesmo conhecer Artusi nossa equivalência de medidas para fazer compotas são iguais. Uau! As compotas dele duram cinco anos...tô chegando lá. Tenho uma compota guardada já a um ano e meio. Agora minha flor você chamar o Artusi de titio!! Ele está mais para tataravô hehe

    Lindas imagens!Parabéns fotógrafa! A segunda imagem está tão convidativa que dá vontade de dar uma lambida no monitor hehe

    Bj

    ResponderExcluir
  6. Super!!!

    Cor linda, consistência ideal, e o nominho das ameixas: "susine", soou muitíssimo bem ao meu ouvido!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Carla, eu amo ameixa, a compota ficou bonita. Não sabia que durava esse tempo todo, 4 ou 5 anos!
    Bjs
    http://www.batalhagourmet.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Preparou com a casca? Vou experimentar fazer! Bjãoooo

    ResponderExcluir
  9. Oi Carlinha!!

    Linda e DELICIOSA!!!Estou imaginando o SABOR!!!Bom domingo pra ti!!Bjkassssssssss

    Eliane(Lili Teretete)

    ResponderExcluir
  10. Ai amiga, o brilho, o aroma, o sabor, a textura... ai que vontade!
    Eu adorei essa idéia artusiana ;)
    Um beijo,
    Queila

    ResponderExcluir
  11. Poxa Carla, pena que você fez depois do nosso encontro lá no café do Cofre, senão até poderíamos ter provado essa delícia. O jeito vai ser fazer lá em Santa Maria. Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Que brilho lindo tem essa compota Carla! Vou tentar fazer uma receita do livro em breve, mas a vida anda muito corrida por aqui...
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Carla, como todos já disseram: o brilho dessa compota ficou DESLUMBRANTE! Me deu até água na boca! Deve ter ficado uma perdição! Grande Bjo! =)

    ResponderExcluir
  14. Minha querida amiga Parabéns!!! Muitas felicidades, saúde, sucesso, sorte, alegrias e paz que vc sempre merece!!! Vim aqui te dar um Feliz aniversário a essa pessoa linda que vc é, e mesmo que estejamos morando longe e embora nunca tenhamos nos visto, mas já sinto sua amizade!! um beijo grande pra vc e curta muito seu dia!!

    PS: Sua compota ficou linda!! Que cor incrível, vibrante... amei!!
    Beijos Tê

    ResponderExcluir
  15. Carla, esta geléia está criminosamente tentadora, de tão bonita. Abraços

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.