novembro 01, 2011

Dia de Todos os Santos e Pan coi Santi

E hoje é Dia de Todos os Santos. Na verdade não sei muito o que isso quer dizer, mas sei que estava aguardando esse dia para fazer esse pão toscano, bem daquele jeitinho que eu tanto gosto: com passas, bastante óleo, nozes.

Esse Pan coi Santi, é um pão que demanda um pouquinho de tempo. Tanto que eu gostaria de ter publicado este post na parte da manhã, mas não teve como, pois o pão ficou pronto somente às 13h30. 


"Do final de outubro até a metade de novembro é o período indicado para o Pan co'Santi. Não que este produto seja consumido exclusivamente nesses dias, porque, especialmente no campo, ele é consumido quase até o Natal, o período tradicional do panforte. De qualquer maneira, o dia no qual o Pan co' Santi é obrigatório na mesa de Siena, é o 1º de novembro, a festa de Todos os Santos. O Pan co'Santi ou Pão dos Santos, requer um pouco de tempo para prepará-lo..."

Pan coi Santi

Ingredientes

500 gramas de farinha para pães
100 gramas de sêmola
10 gramas de fermento biológico seco
300 ml de água morna

100 gramas de uva-passa
100 gramas de nozes picada
05 colheres (sopa) de azeite de oliva
01 colher (sopa) de banha
100 gramas de açúcar
Pimenta moída na hora a gosto - usei pimenta rosa
Raspas da casca de 01 limão - usei laranja
01 gema de ovo para pincelar

Misture as duas farinhas em uma tigela. Retire 150 gramas da farinha e misture com o fermento e 100ml da água morna. Misture bem e deixe levedando por 1h em lugar morno e seco. 

Essa primeira massa deve dobrar de tamanho. Passando a 1h, coloque nessa massa o restante da água MORNA e o restante da farinha. Amasse bem até ficar uma massa bastante macia (mais ou menos 10 min). Faça uma bola com a massa, coloque novamente para levedar por 2h, em local quente e seco. Não esqueça de cobrir a massa com plástico.

Enquanto isso, prepare as frutas secas: 

Coloque as passas em um potinho e as cubra com água morna. Reserve. 
Em uma frigideira coloque o azeite e a banha. Quando estiver quente, acrescente as nozes picadas. Deixe "fritar" por uns 02 minutos em fogo baixo. Retire do fogo e deixe esfriar.
Escorra as passas e coloque junto com as nozes, misture o açúcar, a pimenta e as raspas do limão. Reserve.

Depois de 2h, volte para a massa. Trabalhe ela por uns 05 minutos, tirando todo o ar. Polvilhe a superfície de trabalho com farinha, abra a massa e acrescente a mistura de frutas e açúcar. MUITA CALMA NESSA HORA, vai dar certo. 

Vá incorporando à massa as frutas, polvilhando com mais farinha quando achar necessário. O azeite vai atrapalhar um pouquinho este processo, mas vá com calma, acrescentando farinha aos pouco, amassando bastante, que o resultado será uma massa não muito consistente. 

Divida a massa em 04 partes, molde como bolinhas, coloque em formas untadas com azeite, faça uma cruz em cada uma, cubra com um plástico e deixe fermentar por mais 1h.

Pré aqueça o forno a 180º por 15 minutos.

Retire o plástico, pincele, CAUTELOSAMENTE, a gema diluída com água e leve ao forno por 40 minutos, ou até ficarem bem dourados.

Seja feliz com o cheiro que tomará conta da sua casa ;)



A receita veio de um blog italiano que gosto muito e que, quando o assunto é pão, eu vou sempre me fundamentar com a Paoletta, do Anice&Cannella :  http://aniceecannella.blogspot.com/2007/10/pan-co-santi-dalla-fine-dottobre-alla_27.html#ixzz1cTB8mDYG

16 comentários:

  1. Noooossa, olha a casquinha. E fofo por dentro, quero muito! Já sei, que tal dar um curso intensivo de pães? Blogueiros amigos instalados em sua casa para o final de semana, que tal?

    ResponderExcluir
  2. A aparência está ótima!
    Grata pela dica do blog italiano, porque os pães são um grande atrativo para mim.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Que pães mais lindos e também devem ter ficados saborosissimos!
    Curto muito a ambientação que tu crias para as fotos, dá uma sensação de aconchego.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Carla,
    Esse pão é um santo pão. Senti o cheiro aqu em casa.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  5. Carla! Que foto maravilhosa, a primeira!!! Chega até ser poética!... Fiquei uns bons segundos admirando, curtindo todos os detalhes... quanta delicadeza!
    Concordo totalmente com a Mirella. Também quero um curso de pão! Ideia boa essa, que precisa ir "pro forno" logo.
    Parabéns!!! Ficou um arraso esse pão... Na minha lista já!

    Beijocas,
    Cintya Maria

    ResponderExcluir
  6. Adorei, a casquinha me deu água na boca.
    Está tão apetitoso que chega a ser profano.
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Carla que beleza de pão menina, vc o guardou para uma ótima ocasião, imagino o sabor e o aroma que ficou em sua cozinha. Adorei a receita, e o pão ficou um espetáculo. Obrigada pelo comentário carinhoso em meu blog. Vc é muito querida....bjos ótimo feriado.

    ResponderExcluir
  8. Nossa!
    Lindíssimo pão! Parabéns!!
    Hahaha, costumo dizer que pão bom é pão que demora a ser feito... não sei se é o tempo que eu passo dedicando, admirando e torcendo para dar certo ou se é algo real, mas o fato é que os pães mais demorados que eu já fiz foram os melhores em sabor e textura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Aaaaaaaaaaah! Hoje eu comi tanto no almoço. Exagerei na entrada. Exagerei no prato principal. E chutei o balde na sobremesa. E ainda tenho a coragem de vir aqui no CA pra sonhar com o feriado. Esse é o blog mais gostoso e de bom gosto do Brasil. É sério!

    ResponderExcluir
  10. Oi Carla, o Dia de Todos os Santos é uma celebração católica em homenagem ou honra a todos os santos e mártires da igreja.

    E esse teu pão é de comer rezando...mama mia!

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Vixi, que essa foto do pão cortado tá de avançar na tela :P
    Que beleza de pão é esse Carlinha!
    Parabéns, ficou lindo :o
    Adoro essas comidas que só tem em uma determinada época do ano!
    Um beijão e até amanhã, quando eu virei pegar meu livro hehe
    Queila

    ResponderExcluir
  12. QUE MARRAVILHA !!! Amei este pão! Que casquinha...que miolo...que tudo!!!

    ResponderExcluir
  13. Carlinha, adoro essas comidas de celebração, de datas, de tradição. Esse seu pão está de arrasar, uma cor belíssima, tanto por dentro quanto a casquinha moreninha. Uma maravilha, pena que não sou tua vizinha, bá, guria...kkkk
    Um beijaço e bom feriado pra vc (tá frio por aí, aqui tá gelado!)

    ResponderExcluir
  14. Oi Carla, obrigado por nos seguir. Viemos conhecer teu blog e, de cara, vimos este lindo e, com certeza, saboroso pão. Depois vamos dar uma volta nos outros posts.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Carla,
    Adorei o pão, maravilhoso.
    Beijo
    Vânia

    ResponderExcluir
  16. Carla, parece ser bem trabalhoso mesmo, mas ficou absolutamente lindo! Deve valer a pena cada segundo. A cor ficou convidativa. Aqui em casa anda uma "moda" de frutas secas (vide a ameixa), então esse pão me deixou curiosa. Para fazer em um dia muito zen, sem pressa...Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.