novembro 20, 2011

Conserva de Pimenta-da-Milla, ops, da Neyde

Ah, este mundo de blogueiro de gastronomia que tem me dado, além de calorias, muitos amigos queridos e carinhosos!

Logo que conheci a Milla, do Fica, vai ter sobremesa, ela contou que tinha uma pimenteira rara e de difícil cultivo e que o fruto era roxo. Que luxo. 

Os dias passaram, as pimentas cresceram, e eis que a Milla decide apimentar a minha vida e me manda metade da sua colheita. Coisa linda!

O nome dessa pimenta é Pimenta -da-Neyde, mas para mim é da Milla.
Olhem que cor maravilhosa! Cor de berinjela.


Assim com ela sugeriu, fiz uma conservinha basic:


[...] vai de gosto. Eu prefiro com óleo ou azeite e tem quem goste com vinagre. As minhas vou fazer com óleo de girassol. Tem que lavar, secar bem, cortar a parte do cabinho, com luvas e sem por o dedo no olho pelo amor!! Esterilize um vidro, coloque as pimentas e temperos que quiser. Eu ponho um dente de alho, uma folha de louro, pode colocar uns grãos de pimenta do reino, orégano ou outra erva que goste e complete com óleo, azeite ou vinagre. Tem gente que faz com cachaça também! Aí coloca um filme plastico na boca do vidro e tampe pra vedar bem. O importante é não deixar nenhuma pimenta descoberta para não mofar. Sempre vá completando conforme for usando. Se tiver alguma boiando é porque tem ar dentro, é só dar uma espremida com uma colher ou garfo pra sair o ar e ela descer.


Eu usei uma garrafinha e, com o auxílio de um hashi, fui acomodando as pimentas no vidro, apertando ali e aqui. Não quis usar outros temperos como alho para poder sentir o sabor dela mesmo, mas não pude deixar de colocar um galhinho de alecrim. Vou deixar bem quietinhas por duas semanas, depois isso, só eu vou querer apimentar os pratos alheios.

Sobraram 3 pimentas e delas tentarei fazer mudinhas. Vou pesquisar como.

Milla, minha amigona! Obrigada pelo carinho, espero não ter feito feio com as suas pimentas.
Um grande beijo... e Osadia.

14 comentários:

  1. Ai que loooosho, frô!!!
    Se minha mãe ver essa ela ensandece, é alucinada com pimentas! rs E de cara ela te diria pra separar as sementes e deixá-las secarem descobertas e só depois plantar. rs
    A conserva ficou linda e a foto, bom, como de praxe, chiquéeerrima! ;oD

    Xêros
    Paty

    ResponderExcluir
  2. Carla querida essa pimenta para mim é novidade, e olha que adoro pimenta. Que linda cor ela tem e realmente parece uma mini berinjela hehe. Quando faço conservas também sou como voce, prefiro elas sem alho, prefiro só óleo e alecrim pra poder sentir bem o saborzinho natural. Lindas, lindas adorei conhecer essa espécie de pimenta, vou à cata...beijinhos ótima semana

    ResponderExcluir
  3. Carla,
    Eu posso estar enganada, mas o que conheço da pimenta roxa é ornamental, praticamente não tem sabor, só ardência e beleza, muita beleza é mesmo linda.
    Boa semana
    Vânia

    ResponderExcluir
  4. Oi Carlinha, Essa pimenta deve ter outro nome. Esse "Neide" talvez seja de quem doou a semente e me parece que é a Neide do "Fórun Pimentadas. Org". Mas isso são suposições. Quanto ao plantar proceda assim: Deixe as pimentas secarem em lugar seco para não embolorarem, deixe-as secar naturalmente. Depois retire as sementes e plante em recipientes com substrato e deixe em lugar protegido do vento e do sol forte e regue só quando o substrato estiver seco, sem encharcar. E reze, mas reze muito para "sãoardido"para germinar hehe.

    ResponderExcluir
  5. Carla, que pimentas diferentes! Tem mesmo uma cor beringela linda, é das ardidas? Aprendi a gostar de pimenta há pouco tempo, influência do marido, mas sou fraquinha e tenho medo de algumas. Falando em cor, o roxo com o verde da conserva combinou, ficou chique. Apimenta o Artusi aí que a gente quer ver :-) Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Por aqui as pimentas só são usadas com muita parcimônia Carla. Agora tenho certeza que essa conserva vai valer a pena ser experimentada. Feito em casa é muito melhor. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Oi Carla,
    não aguento pimenta, mas minha mãe adora! A conserva ficou bem bonita!
    Bjs
    http://www.batalhagourmet.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Carla! Esse carinho que criamos com outros blogueiros é o máximo mesmo!
    Eu, por exemplo, tenho muito carinho por ti :)
    Adorei sua maneira de ter feito a conserva! Que presentão hein ;)
    Um abraço,
    Queila

    ResponderExcluir
  9. Amiga!! Se soubesse que as instruções virariam post eu teria redigido melhor rsss. Quando comprei esta pimenteira não sabia nem o nome, só descobri depois pesquisando na internet. Dizem que é uma cruza de chinense e que só existe no Brasil. Quem descobriu foi sim uma pessoa chamada Neyde, por isso foi batizada informalmente com o nome dela. Sempre gostei de pimenta, mas esta virou minha preferida. Cultivo com muito carinho e tive o maior prazer em dividir minha colheita com você. Espero que goste do resultado, pois é bem diferente, ouso dizer que tem um toque amadeirado, mas é difícil descrever, só degustando pra saber. Um bacio!

    ResponderExcluir
  10. Ca, segue a explicação da própria Neyde:
    A pimenta-da-neyde nasceu aqui em casa não sei como. Se ganhei de alguém, se veio alguma semente em alguma terra ou com algum passarinho...só sei q eu a tenho há mto tempo e, mesmo agora q ela se tornou famosa, em meu círculo de amizade e convivência, ninguém a conhecia, só nós aqui de casa. Qdo o fórum foi criado, pelo Luca, comentei com ele q tinha uma pimenta q não mudava de cor nenhuma vez durante sua vida. Ele se interessou pelo variedade, até então desconhecida. Mandei sementes para ele, coloquei várias fotos no fórum e... ela se transformou em pimenta-da-neyde depois de uma votação no fórum, para escolher um nome para a bela desconhecida. Olhe neste atalho mais alguma coisa sobre ela:
    http://www.pimentas.org/forum/viewtopic ... sconhecida

    Ela é bem saborosa, segundo os "peritos" e sua produtividade é mto grande. Ela dá muitas safras seguidas e, com algum cuidado, dura anos produzindo. É mto bonita e a pimenteira carregada de frutos é uma beleza, como vc poderá ver nos vários ítens sobre ela, neste forum.
    O Fatalii, colecionador e amigo do Luca lá da terra dele, plantou-a e gostou muito dela, a julgar pelos depoimentos q colocou em seu site. Ele inclusive desidratou a pimenta e fez seu pó, q , disse, ficou mto bom. Acho q ele já está comercializando suas sementes.
    Espero ter satisfeito sua curiosodade. Resta dizer q em torno dessa pimenta nos unimos no início de fórum e enviei sementes para centenas de lugares. Neyde

    ResponderExcluir
  11. Carla!
    Que coisa mais linda... eu nunca tinha visto pimenta desse tipo com essa cor tão linda. Tua conserva também ficou maravilhosa, e ao julgar pela cor e raridade, o sabor deverá ser incrível.

    Que presentão heim?
    bJUS

    ResponderExcluir
  12. Que linda essa pimenta Carlinha! Se tu conseguir fazer muda quero uma!!!! (pouco pidona)
    Bjs, Ju

    ResponderExcluir
  13. Carlinha que lindja essa conserva com a pimenta da Milla!!Eu queroooooo!hahaha Não conhecia essa pimenta roxa muito fofa, adorei e ficou chique nessa garrafinha hein?!?! beijoos Tê

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.