julho 06, 2011

Confissão em 2ª pessoa e Pão Doce

Trabalhar em casa é uma arte. Uma arte baseada na disciplina, e é isto que estou tentando encontrar: disciplina.Confesso que tem sido difícil. Não é fácil estar no aconchego da sua casinha, com todas as coisas que se gosta ao alcance das mãos e ter de... trabalhar, ler, escrever, estudar.

Começa pelo acordar. Com este frio medonho, a função soneca do celular nunca foi tão utilizada. “Ah, posso levantar um pouco mais tarde”. Quando vê, já perdeu no mínimo 1h de trabalho. Levanta, toma um café bebido, decide lavar a louça da janta da noite anterior. Coloca umas roupas para lavar, coloca o lixo na rua. Na saída da porta encontra a vizinha que conta as novidades do prédio, oferece um chimarrão e diz que vai te dar feijão mais tarde. São 10h e você nem chegou perto do escritório. E quando isso acontece, começa a ler e-mails, responder cutucadas, curtir, tuitar etc. 10h30 e você retoma o seu trabalho abandonado às 2h da madrugada.

Na hora do almoço, como está em casa, sozinho, come qualquer coisa. Isto quando almoça, pois agora que o trabalho engrenou, não vai parar para cozinhar. E se almoça, já que está em casa, quem sabe uma sonequinha? Quinze minutos de sesta salvam a tarde. Daí você levanta, lembra que tem a louça do almoço para lavar e acaba aproveitando para limpar a geladeira.

Já são 15h e você não voltou ainda para frente do computador. Decide passar um café, volta para o escritório, lê os mails, o Facebook, dá uma lida em blogs que gosta e fica pensando obcecadamente que quer fazer uma receita para postar no seu. Desiste, pois tem que trabalhar, pensa de novo, desiste. Mas a ideia volta como aquele pernilongo maldito numa noite quente de verão. Você não dorme até dar uma palmada e matar o danado. Você não sossega até fazer o bendito pão doce que está atormentando a sua tarde.

Levanta, separa os ingredientes, prepara a receita, lava a louça, espera assar, espera esfriar, faz as fotos, faz o texto.

Volta para o seu trabalho. A boca cheia de pão, a vontade saciada, a casa perfumada.



Pão doce

Ingredientes

300 gramas de farinha de trigo + 100 gramas para a sova
04 ovos
50 gramas de manteiga em temperatura ambiente
80 gramas de açúcar
50 ml de leite morno
14 gramas de fermento biológico fresco (ou 5 gramas do seco)
01 colher (sopa) de essência de baunilha
Raspas da casca de 01 limão
01 pitada de sal
50 gramas de frutas cristalizadas


Se você tiver uma batedeira planetária esta primeira parte pode ser feita nela com o batedor pá.

Coloque a farinha, o açúcar e o sal em uma tigela. Faça um buraco no centro e coloque o fermento esmigalhado. Dissolva o fermento com um pouco de água e vá incorporando a farinha das laterais. Acrescente os ovos, as raspas de limão, a essência de baunilha e continue mexendo. A massa fica bastante mole, mesmo assim continue mexendo por 10 minutos.

Aqui você utilizará as 100 gramas extras de farinha (talvez não utilize tudo). Polvilhe farinha na superfície de trabalho e em suas mãos. Coloque a massa nesta superfície e comece a amassar suavemente, tendo o cuidado para que não grude. Acrescente a manteiga, continue amassando até ela ser incorporada à massa, acrescentando farinha se necessário. Coloque as frutas cristalizadas. Sove bem (mais 10 minutos). Dê a forma desejada e deixe levedar por aproximadamente 2h. Asse a 200º C. Se desejar, pincele uma gema diluída em água.

9 comentários:

  1. Ai, meu Deus...assim não vale...tu "pediu pra fazer pão e entrou 20 vezes na fila???" Nossa, que delícia este pão, Carlinha! Como tu disseste...tens mão pro pão!!! Beijão, querida!

    ResponderExcluir
  2. Carla

    Ma ma mia...parece até que senti o gosto desse pão doce.
    Eu que estou controlando minha boca,e vendo essa foto,nossa minha nossa sra..eu não vou resistir,taí uma coisa que eu adoro:PÃO...de to jeito...uma perdição.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Carla !!Que delicia esse seu pão viu!! Cada um mais gostoso que o outro! Adorei a história de home office...realmente é dificil se controlar e não desviar o foco quando estamos em casa! Acho q eu não teria disciplina nenhuma...hahaha beijos Tereza

    ResponderExcluir
  4. Eu acho lindo os seus pães. E sobre o trabalhar em casa é preciso muita disciplina mesmo...mas acho q estás em um bom caminho =) queridona.
    Bjs e bom dia de hoje pra ti.

    ResponderExcluir
  5. É, também careço dessa tal disciplina e olha que sofro bem mais que vc, pq sempre me rendo... Ô sina...
    Ainda bem que tu ainda faz o pão!!! rs

    Xerinhos, bonita!
    Paty

    ResponderExcluir
  6. Oi, Bonita...olha vim aqui de novo pra te dizer que tem sorteio e novo desafio lá no meu blog...vai lá ver, desta vez tu não vais sofrer tanto he, he, he! Bjkas.

    ResponderExcluir
  7. Olha, gurias, não é fácil mesmo. Mas com jeitinho vai. Beijos a todas.

    ResponderExcluir
  8. Carla, eu tinha visto seu pão doce, por isso fiquei com vontade de botar a mão na massa!
    Sua busca por disciplina pra trabalhar em casa me é bem familiar - simplesmente não consigo!

    O pão tá com uma cara de muito muito fofo!

    bjo!

    ResponderExcluir
  9. Esse seu blog é um capricho e delicioso, fiquei c vontade de fazer um monte de receitas suas.


    Beijos. Feliz Natal, Priscila

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.