junho 28, 2011

Minestra di bomboline di patate - Artusi 29

Acho que já comentei que meu trabalho final de curso é uma tradução. Acabei optando por um livro que descreve todas as regiões da Itália e suas respectivas culinárias. Pois bem, lá estava eu no Alto Adige traduzindo o que resultou neste trecho:

No Alto Adige é o contrário: muitas sopas, desde as delicadas com massa de farinha tostada, as de frittatine (Backerbsensuppe, Einbrennsuppe, Frittatensuppe), até as encorpadas sopas de vinho, de cevada, de goulash (Weinsuppe, Gerstsuppe, Gulaschsuppe), ao rústico Mus, polenta de farinha amarela e branca no leite.

E fiquei pensando... Frittatine... Frituras... Friturinhas... Sopa com friturinhas... Hmmm, isso deve ser coisa boa. Fui pesquisar mais e vi que são sopas, ou melhor, caldos que recebem algum tipo de massa frita.

Dias se passaram, o frio foi ficando cada vez mais forte e ontem fui procurar alguns pratos quentes no Artusi. Achei esta sopa de bolinhos de batata, bem parecida com o que tinha traduzido no meu trabalho: um caldo com bolinhos fritos, no caso, de batatas. Só não fiz ontem porque já era tarde, mas hoje no almoço não teve escapatória.

Minestra di bomboline di patata – Artusi 29

Ingredientes

500 gramas de batata
40 gramas de manteiga
40 gramas de parmesão ralado
03 gemas
Noz moscada a gosto
Sal a gosto
1/2 xícara de farinha de trigo
02 litros de caldo caseiro - Usei de legumes, mas pode ser de frango, de peixe ou de carne.
Óleo para fritar

Caldo: usei 01 litro de caldo caseiro de legumes que eu tinha congelado, acrescentei mais 1 ½ litro de água, pedaços de abóbora, 01 dente de alho, louro, 01 espiga de milho, 01 cenoura, pimenta. Deixei ferver até reduzir a 02 litros, coei e levei novamente a panela. Reservei até a hora de servir, onde este caldo deve ser usado quente.

Cozinhe as batatas, de preferência no vapor, passe pelo esmagador de batatas e, ainda quente, acrescente a manteiga. Acrescente o queijo, as gemas, o sal e a noz moscada. Misture bem. Passe farinha nas mãos e na área onde está trabalhando (bancada, pia, mesa) para que a massa não grude nas mãos e para que crie uma fina camada de farinha nos bolinhos. Faça bolinhos do tamanho de uma noz e frite em óleo quente. Quando todos os bolinhos estiverem prontos os coloque em uma sopeira, coloque o caldo no fogo novamente e, quando este ferver, derrame sobre os bolinhos de batata. Sirva imediatamente.

Dica: faça bolinhos menores que os meus. Acho que resultará em um prato mais delicado.


2 comentários:

  1. Nossa, já fiquei aguando por essa receita!! E olha que o frio aqui tá castigante! rs

    Xerinhos, frô!
    Paty

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.