abril 01, 2011

Pastiera di Grano – Torta Napolitana de Páscoa

Concorri com esta receita no concurso de receitas de Páscoa do blog Deli Art Cake e fiquei em 3º Lugar!


Esta ainda não é uma receita tradicional de Páscoa da minha família, mas talvez se torne, pois ficou uma delícia.

A minha história com esta receita é recente:

Como sou pesquisadora da gastronomia italiana meus olhos brilharam quando vi esta torta na capa de uma revista Gula (N.185). Era verão e eu estava na praia em uma daquelas bancas que vendem revistas velhas em pacotes com dois ou três números. Comprei esta revista por causa da chamada especial de Páscoa pensando em fazê-la assim que a próxima quaresma surgisse. Sei que viajei na Páscoa seguinte e não fiz a dita Pastiera. Esperei mais um ano para poder executar a receita e aqui estou.

Pesquisei bastante, vi as variações e acabei fazendo algumas adaptações. Esta que apresento é Pastiera di Grano, uma torta tradição napolitana. Uma torta de trigo e ricota super perfumada e bastante substanciosa. Algumas versões recebem frutas cristalizadas em seu recheio e tem modos de preparo mais simples. De qualquer maneira é uma torta repleta de simbologia e lendas. Vale a pena conferir. Vale a pena saborear.

Pastiera di Grano – Torta Napolitana de Páscoa

Ingredientes

Trigo

250 gramas de trigo integral (em grãos) deixados de molho por 3 dias
01 litro de leite integral

Massa

250 gramas de farinha de trigo
02 gemas
75 gramas de açúcar
60 gramas manteiga sem sal
½ xícara de água fria
½ colher (sopa) de canela em pó

Creme

02 gemas
75 gramas de açúcar
250 ml de leite integral – Use o leite que foi cozido o trigo
35 gramas de farinha de trigo
Casca ralada de ½ limão
01 colher (chá) de açúcar de baunilha

Ricota

500 gramas de ricota fresca sem sal
03 ovos inteiros
03 gemas
400 gramas de açúcar
01 colher (chá) de canela em pó
01 colher (sopa) de Cointreau (licor de laranja)
01 colher (sopa) de açúcar de baunilha

Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Preparo

Cozinhe o trigo em água nova por 40 minutos. Escorra, junte o leite e leve ao fogo baixo, mexa algumas vezes para não grudar no fundo da panela. Cozinhe até ficar macio, aproximadamente 1 hora. Retire metade do leite do cozimento e utilize este leite retirado para fazer o creme.

Bata todos os ingredientes da massa no processador até obter um composto homogêneo. Faça uma bola com a massa, enrole com filme PVC e leve ao refrigerador por 40 minutos. Passado este tempo abra a massa com espessura de 2 centímetros e coloque sobre o fundo e bordas de uma forma de 25 centímetros com aro removível. Leve novamente ao refrigerador até a hora da montagem.

Para o creme bata bem as gemas com o açúcar. Acrescente o leite e a farinha de trigo. Misture bem, leve ao fogo baixo, junte a casca de limão e mexa até começar a engrossar. Adicione o açúcar de baunilha e passe por uma peneira.

Amasse a ricota e reserve. Bata os ovos e as gemas e o açúcar. Junte a ricota e misture. Acrescente os outros ingredientes e misture bem.

Pré aqueça o forno a 180º C.

Em uma tigela grande coloque o creme de ricota, o trigo e o creme. Misture bem e despeje sobre a massa. Asse por aproximadamente 02 horas, até a superfície dourar. Desligue o forno e deixe a torta esfriar lá dentro. Sirva em temperatura ambiente polvilhada com açúcar de confeiteiro.

7 comentários:

  1. A pastiera é uma delícia, uma forma maravilhosa de se valorizar o trigo.
    Por outro lado, tenho comigo uma receita dum bolo napolitano de Páscoa que preparei no último domingo que também é interessante, além de muito prático de se fazer: a massa fica tricolor (verde, amarelo-claro e rosa). Será que eu poderia postar aqui?

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Me mande um mail: maica.carla@gmail.com

    Aguardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. jotasa@superig.com.br17 de abril de 2016 12:36

      Depois, por favor, repasse a receita do Bolo Napolitano. Obrigado pela receita da Pastiera, que experimentei na Páscoa, em BH, e adorei.

      Excluir
  3. Carla,
    seu blog é uma inspiração! Parabéns pelas delícias e pelo jeito gostoso que escreve!
    Adorei essa torta, fiz e não me arrependo...a Páscoa será comemorada várias vezes por ano por aqui...
    Postei no meu blog com seus créditos, ok?

    http://mangiachetefabene.wordpress.com/2013/04/24/pastiera-di-grano-antes-durante-e-depois-da-pscoa/

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Adoro Pastiera. vou experimentar essa receita!
    Uma dúvida! Precisa trocar todos os dias a água do trigo e, pode deixar fora da geladeira? Obrigada!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Olá Carla! Fiz a pastiera e adorei.Bem diferente das que conheço!
    Fica mais úmida e a massa é excelente!
    Um abraço e bjosss!

    ResponderExcluir
  6. O trigo, por três dias de molho, terminou por levedar.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.