fevereiro 02, 2011

Lig-Lig-Lig-Lé - Mantou e Jin Dan Chao Xi Hong Shi

Eu adoro a culinária chinesa ou pelo menos o que chegou até mim como tal. Acho uma culinária saborosa, exótica, colorida e meio gordurentinha. Porém, olhei com desconfiança o livro que chegou aqui em casa meses atrás com o título “Por que as chinesas não contam calorias”, da inglesa Lorraine Clissold.

Detesto títulos de livros de culinária que soam como livros de autoajuda. E na verdade compramos para completar o valor que isentaria o frete numa compra mais interessante. Ele chegou assim, com uma capa cor de rosa, bem mulherzinha e com a silhueta do que seria uma chinesa. Hm. Me-do.

Li algumas páginas, achei meia boca e emprestei para minha sogra que morou alguns meses na China.

(Parênteses: meu cunhado mora na China e quase todos os familiares já foram passar um tempo lá com ele. O próximo será o José, que decidiu passar férias do outro lado do mundo. Alex, o cunhado que é todo metido na cozinha, sempre me conta causos alimentares, fala dos mercados, dos peixes, dos modos de preparo... Fico imaginando o quanto deve ser bacana viver em outro lugar e curtir a culinária deste país. Eu provaria de tudo. Com certeza. Menos os insetos, óbvio. Aliás, foi o Alex que me fez a proposta indecente de que se José e eu casarmos na igreja, ele me dá uma coleção completa da Le Cruset. Jogo baixo,não?!)



O livro voltou aqui para casa sem muito alarde a seu respeito e hoje, após ter sido literalmente retirado debaixo da cama, decidi dar crédito a ele.

O Mantou eu já havia feito, mas usando uma panela de inox. Hoje aproveitei para usar as minhas cestas de bambus. Presente queridíssimo da minha cunhada que, embora traga toneladas de bagagem para o Brasil, trouxe 5 cestos para mim.

Já o “Ji Dan chao lig-lig-lé” eu topei porque mesmo sem ter ido às compras eu tinha todos os ingredientes em casa, e também para inaugurar minha wok lindinha que ganhei de aniversário dos meus sogros.
Bom, diferente de alguns livros de culinária que quase nada dá certo, as duas receitas que fiz desse ficaram bem boas. Claro, nenhuma nelas é muito complexa, mas mesmo assim vou ler com atenção estas páginas que até então foram menosprezadas aqui em casa.


Mantou (Pão Cozido no Vapor)

Ingredientes

25 gramas (1/4 xícara) de fermento seco
½ colher (chá) de sal
02 colheres (sopa) de açúcar
500 ml de água
800 gramas de farinha
02 colheres (sopa) de óleo

Ponha o fermento, o sal e o açúcar numa tigela. Acrescente um pouco de água morna, dissolva o fermento e acrescente o restante da água. Deixe descansar por 15 minutos. Peneire a farinha numa tigela grande e despeje ao poucos a esponja (fermento). Trabalhe a massa. Quando toda água estiver incorporada, continue trabalhando a massa até ficar lisa e macia. Acrescente o óleo e incorpore à massa. Trabalhe por alguns minutos. Cubra a tigela com um pano úmido e deixe em um lugar bem morno por uma hora e meia. A massa deve dobrar de tamanho.

Divida a massa em dois. Ela estará pegajosa e será necessário passar farinha nas mãos. Divida cada metade de massa em 8 ou 12 bolinhas. Trabalhe por alguns minutos cada uma delas. Enrole entre as palmas das mãos e coloque em um pedaço de papel manteiga achatando um pouquinho a base. Faça isso com todas as bolinhas.

Quando todos os mantou estiverem prontos deixe-os repousar mais uns 15 minutos. Enquanto isso prepare a panela com água e a cesta para cozinhar a vapor. Cozinhe-os no vapor por 10-12 minutos. Sirva imediatamente.



Jin Dan chao xi hong shi (Tomate com ovo)

Ingredientes

03 tomates
02 ovos
½ colher (sopa) de gengibre finamente picado
½ colher (chá) de cebola branca picada
½ colher (chá) de açúcar
½ colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de óleo
½ colher (chá) de óleo de gergelim

Retire a pele e as sementes dos tomates. Pique-os em cubo. Reserve. Bata os ovos. Coloque um pouco do óleo na wok e esquente. Coloque os ovos batidos e, com a ajuda de uma espátula, vá despedaçando os ovos que estão endurecendo em contato com óleo quente. Retire da panela, limpe-a e refogue a cebola, o gengibre e os tomates. Mexa por 5 minutos. Acrescente o sal e o açúcar. Mexa. Acrescente os ovos e finalize com o óleo de gergelim.


3 comentários:

  1. seu email está funcionando? ou voce mudou de email?

    ResponderExcluir
  2. Sim, mexi em umas configurações e depois disso não funcionou mais. Anote o mail novo: cucinaartusiana@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Oi...eu não conhecia...no mínimo diferente! Uma ótima aparência! Um beijo.

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.