fevereiro 23, 2011

“Eu não consigo ser alegre o tempo inteiro” + Pudim de coco com caldinha de maracujá

Ontem no Twitter tinha tanta gente irritada que cheguei a pensar que fosse alguma fase da lua agindo sobre as pessoas, sei lá...  E hoje sou eu quem tem o dia de ALTOS e baixos:

Entusiasmada: acordei cedo e o dia estava lindo. Irritada: quarenta minutos esperando no sol um ônibus que nunca vinha. Feliz: confirmação de que termino a faculdade neste semestre. Chateada: cano da minha amiga depois de ter preparado tudo para termos um dia bem bacana. Aconchegada: conversa gostosa com os donos da floricultura, vaso novo para minha pimenteira e uma gérbera para dar um toque na casa. Desanimada: chegar em casa e ter uma pia de louça para lavar. Surpresa: receber um comentário no blog de uns italianos malucos. Atrapalhada: o tempo virou e a chuva molhou as roupas que estavam no varal sem eu me dar conta. Orgulhosa: os alecrins estão brotando. Inconformada: minhas banquetas voltaram para a fábrica, pois vieram com defeito. Satisfeita: conseguirei fazer o curso de gastronomia no turno da manhã. Desmotivada: minhas aulas de direção começam apenas no dia 09 de março. Alegríssima: lembrar que tinha esse pudim na geladeira!

Pudim de coco com calda de maracujá
(Do livro A Cozinha Mexicana)

Ingredientes

400 ml de leite condensado
400 ml de leite de coco
6 gemas
1 colher (sopa) de essência de baunilha
50 gramas de coco seco ralado

Calda de maracujá


Ingredientes

4 maracujás
20 gramas de açúcar


Pré aqueça o forno a 180º C.

Coloque uma forma com água no forno. Esta forma deve ser grande suficiente para que caiba a forma refratária ou as forminhas. Coloque o leite condensado e o leite de coco em uma panela. Acrescente a baunilha e leve para ferver, mexendo sempre. Retire do fogo depois 5 minutos após a fervura. Deixe esfriar por 10 minutos. Enquanto isso bata as gemas. Acrescente a elas o creme morno e o coco ralado. Mexa bem. Coloque em uma forma refratária ou em forminhas individuais e coloque em banho-maria na forma previamente preparada. Asse por 40 minutos, a superfície do pudim deve ficar dourada. MUITO CUIDADO NA HORA DE RETIRAR DO FORNO. Deixe esfriar em temperatura ambiente e depois leve para gelar por 3 horas no mínimo.

Calda: Retire a polpa dos maracujás e leve ao fogo junto com o açúcar. Deixe ferver até engrossar. Peneire a mistura (eu optei em deixar as sementes) e deixe esfriar. Sirva com o pudim.


4 comentários:

  1. grazie anche noi ti abbiamo aggiunta!
    Italiano perfetto ed è vero, Artusi sarebbe un blogger al giorno d'oggi!
    Un abbraccio dall'Italia!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Tive o prazer de degustar essa delicia... carlinha, nota 10 pra ti! Me convida mais!!! Vivi

    ResponderExcluir
  3. Hummmm, que delícia deve ter ficado. Adorei a ornamentação com as sementes de maracujá por cima! :)

    ResponderExcluir
  4. Muito bom Carla
    Esta receita dá agua na boca!!!. Super receita

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita e comentário no Cucina Artusiana.